PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2020 Qualificação e o futuro do emprego

Redação corrigida 680

Tempos de IA

Inconsistente Erro Correção

Em "Tempos modernos", Chaplin nos apresenta um trabalhador fabril que operário que, em seu repetitivo trabalho trabalho repetitivo, quase se funde a à máquina. Hoje Hoje, quase um século após o filme filme, as transformações no mundo do trabalho dispensam esse trabalhador que realiza funções de máquina. Estamos agora diante da quarta revolução industrial industrial, marcada pela presença da IA (inteligência artificial) essa agora de artificial), com as máquinas cumprindo desempenhando papéis humanos. Esse momento novo em nossa história nos coloca frente à questão: como valorizar o trabalho humano na era da inteligência artificial?

Observar como está a saúde do mercado de trabalho é um bom ponto de partida para analisar o nosso momento social social, uma vez que a sociedade e o mundo do trabalho estão fortemente ligados. Neste sentido Nesse sentido, o que observarmos é uma redução cada faz vez maior dos postos de trabalho e e, no âmbito social social, um aumento populacional enorme tornando portanto enorme, tornando, portanto, o mercado mais competitivo onde competitivo, pois muitos lutam por poucas vagas. Cada vez mais mais, o mercado busca pelo o trabalho especializado que exigem graduação isso exige graduação. Se isso é assim já no presente momento, a tendência tendência, com a implementação da inteligência artificial artificial, é uma exigência ainda maior maior, em um mundo que já passou a muito a casa dos 7 bilhões de habitantes.

Os países em desenvolvimento e os subdesenvolvidos subdesenvolvidos, que não dispõem de uma população qualificada qualificada, devem ser os maiores atingidos e podem ver no longo prazo uma precarização do trabalho e um empobrecimento geral. Em países desenvolvidos como a Alemanha Alemanha, por exemplo exemplo, a indústria automobilística já automatizou todas as suas montadoras, o montadoras. O trabalho humano no setor produtivo não é mais necessário necessário, restando apenas as funções gerências gerenciais e administrativas que que, no futuro futuro, com a implantação da IA IA, também farão a mão-de-obra mão de obra humana dispensável em muitos casos.

É necessário pensar o futuro, preparar a sociedade para as mudanças. É fundamental investir pesado em educação da de base a pesquisa e pesquisa. Os nossos governantes devem entender que educação não é um gasto gasto, é um investimento para o futuro. Nenhuma grande potência nasceu sem investimento em educação. Uma nova distribuição da riqueza também deve ser pensada pensada, pois já observamos o crescimento do número de pessoas acima de sessenta anos além disso a anos. Além disso, há o fato de que que, mesmo no melhor cenário econômico econômico, será impossível empregar a todos no futuro. Nesse cenário cenário, a concentração de renda pode aumentar aumentar, sendo necessário mecanismos que redistribuam a riqueza. Muito ainda será pensado e dito sobre a revolução da IA a IA. A única certeza é a necessidade de valorizar sobre acima de tudo a vida humana e que está para que não seja descartável como as máquinas que consideramos ultrapassadas.

Comentário geral

Texto bom, que melhoraria se o autor fosse mais objetivo e menos prolixo.

Competências

  • 1) Em termos de linguagem, além dos erros corrigidos em verde, o texto é muito prolixo. A prolixidade faz o texto perder em objetividade e em clareza.
  • 2) Houve compreensão do tema e um desenvolvimento razoável do texto. Contudo, a pergunta que encerra o primeiro parágrafo só é respondida no último, o que gera problemas de cocesão. Ainda assim, estamos diante de uma dissertação argumentativa.
  • 3) Há reflexão e argumentação, apesar da linguagem prolixa que deixa obscuras essas mesmas reflexão e argumentação.
  • 4) A coesão se dá mais no nível das ideias apresentadas do que por meio de recursos linguísticos.
  • 5) A conclusão tenta abranger mais problemas do que simplesmente se ater às sugestões propostas para resolver o problema da qualificação.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 680

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.