Como estudar os movimentos do esqueleto?





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

  • Observar a relação entre ossos e músculos, identificando-os.
  • Relacionar ossos e músculos às articulações.
  • Reconhecer as funções antagônicas dos músculos.

Introdução

O sistema esquelético é formado por ossos e músculos que trabalham de forma harmônica, garantindo o nosso movimento. Para que o movimento de um músculo estriado esquelético ocorra é necessário que o cérebro emita um comando, os músculos o executem e os tendões e articulações exerçam suas funções.

Em média, temos 206 ossos e 500 músculos. Eles realizam seu trabalho em equipe e de forma eficaz.

Os músculos são classificados em três grupos: 1) lisos (movimento involuntário); 2) estriados esqueléticos (movimento voluntário); e 3) estriado cardíaco (movimento involuntário).

Depois de conhecer essa classificação, os alunos estarão prontos para construir bonecos que mostrem os movimentos de ossos, músculos e articulações.

Estratégias

1) O professor deve solicitar aos alunos que tragam materiais diversos para a construção dos bonecos: canudos, borracha EVA, massa de modelar, rolinhos de papel higiênico, espuma, etc., além de barbantes, cola, tesoura e outros materiais que julguem necessários.

2) O professor deve discutir com a classe sobre a confecção dos bonecos, ressaltando os aspectos mais importantes da representação de articulações, músculos e ossos.

3) Livros didáticos e atlas de anatomia devem estar à disposição dos alunos, para que possam visualizar, em detalhes, o que estão reproduzindo.

4) Depois de serem orientados, os alunos, em dupla, iniciam a construção.

5) Quando os bonecos estiverem prontos, as duplas escolhem um movimento específico e o apresentam à classe, explicando o funcionamento de ossos, músculos e articulações.

Dicas

1) O professor pode solicitar a ajuda do professor de Educação Física, que explicará, por exemplo, alguns dos movimentos realizados nas diferentes práticas esportivas. O professor de Matemática pode ser convidado a falar, por exemplo, sobre as proporções do "Homem Vitruviano", de Leonardo da Vinci.

2) Seria interessante realizar uma exposição com os bonecos confeccionados, a fim de envolver toda a comunidade escolar.

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco).

UOL Cursos Online

Todos os cursos