Construindo o Disco de Newton





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

1. Diferenciar as cores.

2. Reconhecer a relação entre pigmento, cor e luminosidade.

Introdução

Newton explicou que a luz que consideramos branca é, na verdade, uma luz composta de várias cores. Para comprovar tal fato, decompôs a luz com a utilização de um prisma triangular de cristal. Através desse prisma passava um feixe de luz que se decompunha nas cores básicas.

Faltava, no entanto, comprovar que a luz branca é proveniente da soma dos espectros luminosos. Foi a partir daí que surgiu o disco de Newton. Ele é pintado com as mesmas cores que compõem o espectro da luz branca. Ao girá-lo com intensidade, a cor branca aparece uniformemente, devido à incidência de luz.

  • Disco de Newton

Materiais

- cartolina branca

- lápis de cor

- compasso

- lápis preto

- régua

- borracha

Estratégias

1. Deve-se realizar um círculo com aproximadamente 15 cm de diâmetro.

2. Dividir o círculo em oito partes iguais.

3. Pintar utilizando as cores, conforme modelo apresentado acima.

4. Realizar um furo no centro do círculo e acrescentar um lápis, com o intuito de girá-lo velozmente, observando assim o aparecimento da cor branca. 

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco).

UOL Cursos Online

Todos os cursos