Cultivando vermes





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

- Criar uma cultura de vermes do vinagre.

- Comparar esse nematóide com outros que afetam o ser humano.

- Observar o nematóide a olho nu e com o auxílio de lupa e/ou microscópio.

- Estimular a curiosidade científica.

- Aplicar princípios de metodologia científica.

Introdução

Os vermes Turbatrix aceti e Anguillula aceti, conhecidos como vermes-do-vinagre, são nematóides aquáticos diminutos (1 a 2 mm). São comumente encontrados em barris de vinagre não pasteurizado, pois se alimentam de bactérias do gênero Acetobacter, que realizam o processo de acidificação. Por ser um nematóide de vida livre, não causando nenhuma doença ao homem e a outros animais, é amplamente utilizado para alimentar alevinos de diferentes espécies.

Materiais

1. Inóculo de cultura, facilmente encontrado em lojas de aquários.

2. 750 ml de vinagre de maçã.

3. 1 maçã vermelha média (fruta fresca).

4. 250 ml de água mineral.

5. 1 vidro transparente de boca larga, de aproximadamente 1,5 litro, com tampa.

6. 1 pedaço de meia de nylon feminina, para tampar a boca do vidro.

7. 1 pedaço de elástico de costura, para fixar a meia à boca do vidro.

Preparo da cultura

1. Misture no vidro o vinagre de maçã (750 ml) e a água (250 ml).

2. Corte a maçã em pedaços e coloque-os no meio de cultura.

3. Coloque a amostra recém-adquirida do inóculo da cultura, fechado, no interior da cultura, de forma que fique boiando, o que permitirá a estabilidade da temperatura.

4. Em seguida, realize a equalização do pH. Adicione lentamente pequena quantidade do meio de cultura sobre o inóculo, até dobrar o seu volume.

5. Após a equalização do pH, despeje todo o inóculo sobre o meio.

6. Feche o frasco com a meia, evitando assim a presença de predadores.

7. Coloque o vidro em local seco, com luz difusa e temperatura entre 22 e 30 oC.

8. Em, aproximadamente, quinze dias será obtida uma colônia exuberante de vermes-do-vinagre.

Estratégias

1. Introduzir a temática através de um texto referente ao verme-do-vinagre, tratando de suas características e utilização, dentre outros aspectos.

2. O professor deverá preparar antecipadamente a cultura para cultivo do nematóide do vinagre, subdividindo-a em recipientes menores, para distribuição aos alunos da turma.

3. Separar os alunos em grupos de quatro integrantes e pedir para que observem, contra a luz, a névoa contida no frasco.

4. Solicitar que levantem hipóteses sobre o fato observado.

5. Observar novamente, com o auxílio de uma lupa, e anotar nos cadernos. Utilizar uma amostra para observar com o microscópio.

6. Estabelecer uma relação entre as informações do texto e a observação realizada, obtendo assim uma conclusão.

7. Relacionar o nematóide do vinagre com outros exemplares que afetam a espécie humana (animais ou vegetais).

Dicas e sugestões

O professor poderá introduzir diferentes variáveis na cultura subdividida. Por exemplo: luminosidade intensa, ausência de luminosidade, variação de temperatura, quantidade do inóculo, etc.

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco).

UOL Cursos Online

Todos os cursos