Visão





Autor Cristina Faganeli Braun Seixas




Objetivos

1. Incentivar a reflexão e a argumentação dos alunos.

2. Identificar as partes do olho, relacionando-as à visualização das imagens.

3. Relacionar o sistema nervoso, especialmente o nervo óptico e o cérebro, à visão.

4. Observar como a imagem se forma no olho e como esta é decodificada pelo cérebro.

Comentários

Dos cinco sentidos, quatro se localizam na cabeça: visão, audição, olfato e paladar (ou gustação). Isso corre em virtude de a mensagem captada pelos órgãos dos sentidos ser enviada rapidamente ao cérebro, que a decodifica e assegura nossos reflexos - e, consequentemente, nossa sobrevivência.

O olho é o primeiro componente do sistema sensorial da visão - e é em seu interior que se encontra a retina, composta por cones e bastonetes, responsáveis, respectivamente, pela percepção das cores e pelos níveis de luminosidade.

A retina transmite os dados visuais através do nervo óptico, chegando ao cérebro, onde ocorrerá a análise e interpretação da imagem observada (cores, distância, textura, forma, etc.).

Estratégias

1. Assistir ao curta-metragem "A cegueira na África ocidental".

2. Discutir as informações presentes no filme.

3. Realizar a seguinte afirmação: "Não é o olho que enxerga - e, sim, o cérebro". A seguir, peça que os alunos reflitam e discutam sobre essa frase.

4. Mostrar uma imagem ampliada do olho, a fim de que a classe possa identificar e nomear suas partes.

5. Explicar como se forma a visão até a imagem chegar à retina, enfatizando que a imagem se encontra invertida.

6. Descrever o caminho percorrido pela imagem até ela ser reconhecida pelo cérebro.

7. Perguntar se algum aluno apresenta problemas de visão. Seguramente, aparecerão casos de miopia e hipermetropia. Peça que esses alunos expliquem à turma como veem.

8. Solicitar, como lição de casa, que desenhem como a imagem se forma para as pessoas que sofrem de miopia e hipermetropia. Caso surjam dúvidas, faça as explicações e correções na aula subsequente.

Dicas

1. Observar as pupilas de animais de hábitos diurnos e noturnos, descrevendo-as.

2. Relatar como ocorre a visão em diferentes animais. Exemplos: por que o cachorro enxerga a realidade em branco e tons de cinza e preto? Como os insetos formam a imagem, já que apresentam olhos compostos e têm maior percepção de cores?

Cristina Faganeli Braun Seixas
é bióloga e professora da Fundação Bradesco (Unidade I - Osasco).

UOL Cursos Online

Todos os cursos