A beleza vale tudo isso?

NOTA 5,5

Hoje em dia a busca pelo padrão de beleza perfeito vem levando muitos homens e mulheres para as mesas cirúrgicas ou até mesmo injetando e passando substancias a injetarem e passarem substâncias químicas no corpo.

A ditadura da "beleza perfeita" esta dentro da existe na sociedade a muitos anos, e anos e vem se consolidando ate hoje, essa até hoje. Essa ditadura atinge principalmente as pessoas que acreditam que para serem aceitas na sociedade e serem felizes tem têm que estar dentro dos padrões. A mídia é a principal fonte que se que propaga essa ditadura, pois a mesma criar a ilusão alienadora cria a ilusão de que só homens e mulheres de corpos esculturais, cabelos lisos ou ondulados e de pele perfeita se enquadram no que chamamos de beleza.

Essa busca inassinalável faz com ser o ser humano seja insaciável torna o ser humano capaz de passar por cima da sua saúde, só para ter o "corpo perfeito". Os procedimentos cirúrgicos como: lipoaspiração, como a lipoaspiração e as próteses de silicones; a injeção de substancias substâncias químicas no músculo como o hidrogel; substancias química e as substâncias químicas para alisar os cabelos como o formol vem vêm sendo banalizado banalizados a cada dia que passa, as passa. As pessoas vem esquecem o risco esquecem o risco em que estão pondo sua saúde, pois a vontade de serem aceitas fala mais alto, mas as vez [mas, às vezes, elas] acabam pagando um preço muito alto; pois em muitos casos alto, pois, em muitos casos, as pessoas que faziam fizeram uso desses procedimentos adquiriram alguma doença, complicações e outras foram a óbito.

Portanto, visando o bem estar da sociedade sociedade, a mídia deveria quebrar esses padrão, colocando modelos com beleza diferentes da atuais para fazer as propaganda propagandas e o governa e população governo e a população dar atenção os aos protesto contra o padrão atual, pois eles mostram a verdadeira realidade.

Comentário geral

O texto é bastante razoável, apesar de mal escrito e repleto de erros gramaticais. De qualquer modo, o aluno demonstra que entendeu o tema e sobre dissertar sobre ele, expondo com argumentos seus pontos de vista. Quanto à argumentação, jogar a culpa exclusivamente na mídia é um pouco excessivo e o próprio autor, ainda que secundariamente, reconhece que a sociedade também está por trás do problema. Valia a pena refletir sobre o papel da sociedade e lembrar que o consumismo fazia parte do tema, aspecto totalmente negligenciado pelo texto.

Aspecto pontual

Último parágrafo: não é algo tão simples a mídia romper com certos padrões de beleza, que são estabelecidos sobretudo pelo mercado de produtos farmacêuticos e cosméticos, que, com seus comerciais, ajudam a sustentar a mídia. Então a questão é mais complexa do que a sugestão consegue abranger. Fora isso, a que protestos o autor se refere? Existe algum protesto sistemático e organizado contra a ?ditadura da beleza?? Onde ele se manifesta? Como dar atenção a algo que não se vê?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 5,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos