Topo

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez

REDAÇÕES CORRIGIDAS - Abril/2018 Informação no rótulo de produtos transgênicos

Redação corrigida 300

A Desinformação sobre Produtos Transgênicos

Erro Alteração Correção

Não é possível falar sobre produtos transgênicos sem fazer uma reflexão a respeito do símbolo ostensivo impresso nesses alimentos. Por isso, é necessário considerar que se deva usar um rótulo comum, contendo as informações necessárias e não a letra “T” de forma e aparência depreciativa, desvalorizando assim esses alimentos.

Um fator a ser analisado em relação a situação em à questão é que esses produtos geneticamente modificados, em dez anos de uso, é que, em dez anos de uso dos produtos transgênicos, não foi registrado algum dano negativo nenhum dano à saúde de quem se alimenta deles. Entende-se então que apesar de ainda não ser um produto amplamente aceito pela população em geral, o ingrediente transgênico não representa riscos ao bem-estar das pessoas.

Outro fator importante é que os consumidores devem ser informados se determinado ingrediente de um produto é modificado geneticamente ou não, porém, essa informação do rótulo não precisa ser depreciativa ou passar a imagem de que se trata de algo perigoso ou prejudicial. Pode se verificar um exemplo disso nas embalagens atuais dos alimentos transgênicos.

Entende-se com isso, que isso que um dos maiores problemas da informação dos rótulos citados é que os mesmos, do jeito que se encontram, com aparência de produto perigoso, prejudicam o comércio dos mesmos. Uma das soluções para isso seria manter a informação de que naquele alimento há ingredientes modificados geneticamente, porém, utilizando um símbolo normal, com explicações esclarecendo a população sobre os benefícios que esse produto pode proporcionar.

Comentário geral

Texto fraco. Além de não ter sido escrito em forma de carta a um senador, não trata do projeto de lei que é o tema da redação, apenas o tangencia, ao falar que o símbolo atual dos transgênicos é depreciativo e deveria ser substituído por outro, de caráter exclusivamente informativo. Há alguns problemas graves de linguagem e conteúdo a serem comentados pontualmente.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: não é porque se reflete sobre os rótulos de transgênicos que devemos considerar necessariamente o símbolo usado hoje inadequado. O autor deveria explicar o conteúdo dessa reflexão para chegar a conclusão que chegou. De resto, a questão do símbolo é polêmica e tomar partido de um dos lados em disputa não significa que se resolveu o problema.

2) Segundo parágrafo: o trecho em vermelho tinha a sintaxe truncada, que se corrigiu em verde. E tinha também absurdos como danos negativos. Alguém já ouviu falar em danos positivos?

3) Quarto parágrafo: a) o primeiro mesmos se refere aos rótulos, o segundo aos produtos, então não se trata da mesma coisa e o uso do pronome foi inadequado. b) O que é um símbolo normal? Qual seria o símbolo normal dos transgênicos?

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 100
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 50
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 50
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 100
Nota final 300

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

Outros temas