Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Agosto/2019 Criptomoeda: tecnologia e revolução econômica

Redação corrigida 760

A facilidade nas transações ilegais

Inconsistente Erro Correção

O Famoso famoso bitcoin é uma forma de dinheiro eletrônico, são moedas virtuais criptografadas que possuem gestão descentralizada, ou seja, não são controladas por nenhum banco ou governo. Tem têm como função primordial a compra e venda de produtos e serviços online, de maneira rápida e segura. Entretanto, a falta de centralização e controle estatal torna essa moeda acessível a compra e vendas ilegais. Dessa forma, é imprescindível salientar o impacto dessa tecnologia nas transações financeiras.

Em primeiro ponto lugar, vale a ressalva de que um dos fatores positivos do uso dessa criptomoeda é a facilitação do processo de compra e pagamento, sem a necessidade de manuseio de cédulas, além disso as transações com bitcoins evitam a necessidade de conversão monetária ao se realizar a aquisição de produtos de países estrangeiros. Por fim sua descentralização torna-se o torna um dinheiro desprovido de impostos e taxas bancarias.

Todavia, os bitcoins também possui possuem lados negativos. Necessita-se enfatizar que a moeda virtual não é emitida por nenhum Banco Central, ou seja, compradores e vendedores criminosos, podem criminosos podem utilizar desse meio de pagamento para comercializar materiais ilícitos como drogas armas de fogo, vendas de órgãos, entre outros. Assim sendo, da utilização dessa tecnologia sem a devida regulamentação estatal deixará brechas para facilitará os crimes do mercado ilegal.

Portanto, Torna-se torna-se evidente que, por mais que as criptomoedas tenham pontos positivos, a liberdade de seu uso sem a devida regulamentação, poderá facilitar o crescimento do comercio comércio ilegal. O Fundo Monetário Internacional (FMI), junto ao e o governo federal de cada país, precisam país precisam vincular aos bancos centrais a regulamentação da moeda virtual, criando departamentos para formaliza-lo formalizá-lo com intuito de investigar transações ilegais ou duvidosas. Dessa maneira, as compras e vendas ilegais serão suprimidas e os usuários ainda poderão desfrutar dos serviços de pagamento online e da especulação financeira.

Comentário geral

Texto bom, que poderia ser melhor, caso a argumentação fosse mais consistente.

Competências

  • 1) Texto bom, com alguns erros inadmissíveis para alunos do ensino médio, como o uso de maiúsculas em "famoso" e "torna-se" respectivamente no primeiro e no último parágrafo. Mas há outros erros gramaticais de relativa gravidade.
  • 2) O autor compreendeu o tema e desenvolveu-o segundo uma estrutura dissertativa, mas mal soube expor sua tese no primeiro parágrafo, limitando-se a falar num vago "impacto" decorrente do uso das moedas digitais.
  • 3) A argumentação se resume a um ponto: a falta de controle estatal permite o uso ilegal das criptomoedas. OK, mas as moedas convencionais também não são usadas ilegalmente apesar de estarem sob controle estatal? Isso enfraquece o argumento.
  • 4) Texto bem articulado, com uso razoável dos recursos coesivos.
  • 5) A conclusão é coerente com a argumentação e apresenta uma proposta de intervenção apropriada.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 160
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 160
Nota final 760

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.