Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Julho/2019 A ciência na era da pós-verdade

Redação corrigida 400

A informação em um mundo de manipulação

Inconsistente Erro Correção

Atualmente, vivemos um período de intensas trocas informacionais através da internet, que facilita a vida de todos todos, tornando processos do dia a dia muito práticos. Porém Porém, com a internet internet, a desconfiança das pessoas com relação a à ciência vem aumentando cada vez mais, a ponto de que vários movimentos como o da anti-vacinação antivacina e o dos terraplanistas vem vêm surgindo.

Primeiramente, essa falta de confiança se deve pela à manipulação de informações pelas grandes mídias, que que, em busca de privilégios privilégios, acabam não sendo totalmente imparciais e geram revoltas por parte da população. Um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts mostra que as fake news possuem um apelo maior em relação as às demais notícias e e, portanto, são divulgadas cerca de 70% mais rápido. Além disso disso, com a disseminação das fake news news, muitas das verdades provadas séculos atrás, vem atrás vêm sendo mistificadas.

Em segundo lugar, apesar de estar garantido pelos direitos humanos humanos, o direito de se expressar vários dos movimentos que vem sendo criados desmentem a veracidade da ciência, e utilizam conceitos sem nenhuma prova para ganhar apoio da população.

Tendo em vista os fatos acima acima, a solução mais viável seria uma tentativa de redenção do governo e das mídias através da criação de um jornal federal que fosse o mais imparcial possível e que não manipulasse as informações.

Comentário geral

Lamentavelmente, o texto tem problemas de estrutura, de linguagem e de conteúdo, que o deixam abaixo do que se espera da dissertação de um aluno do final do Ensino Médio.

Competências

  • 1) Há muitos erros de gramática, corrigidos em verde, e problemas de linguagem, assinalados em vermelho. O autor utiliza expressões ambíguas e subjetivas como "trocas informacionais" e "processos do dia a dia", cujo significado exato o leitor não consegue precisar. Também recorre a palavras inadequadas como "revoltas", quando parece se referir a "indignação", ou ainda, emprega termos cujo significado não se encaixa no contexto do que ele está dizendo, como é o caso de "mistificadas". Para piorar, redige um parágrafo como o terceiro, que é confuso em termos semânticos e cuja sintaxe está truncada.
  • 2) O entendimento do tema não parece correto e completo. Atribuir à internet, por exemplo, o descrédito da ciência, como se vê no primeiro parágrafo, é uma prova disso. De resto, o desenvolvimento deixa a desejar: o autor perde o foco de suas afirmações, o que torna o texto um conjunto de divagações.
  • 3) Não há uma argumentação propriamente dita: o autor apresenta fatos, mas não chega a estabelecer entre eles as conexões necessárias para formar um raciocínio e, muito menos, uma linha de raciocínio.
  • 4) O texto não é coeso, justamente por causa das divagações. Rigorosamente falando, não se constrói uma dissertação argumentativa.
  • 5) A proposta de intervenção é genérica e inviável. O autor sequer distingue o público e o privado, quando fala na união das mídias e do governo para a criação de um jornal federal.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 80
Nota final 400

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.