PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Janeiro/2020 Supremo Tribunal Federal e opinião pública

Redação corrigida 720

A insatisfação com a Cúpula do Judiciário

Inconsistente Erro Correção

O Supremo Tribunal Federal - STF, órgão máximo do poder judiciário e guardião da Constituição, tem como função precípua julgar ações do Estado brasileiro, bem como determinar o que está correto e o que não está correto, de acordo com o que dispõe a carta magna Carta Magna. Entretanto, atualmente, a atuação do órgão tem gerado um sentimento de descontentamento na população brasileira. Nesse contexto, a mídia tem evidenciado o protagonismo dessa instituição e cidadãos tem têm utilizado as redes sociais para expor sua insatisfação em relação as decisões proferidas pela Suprema Corte.

Primeiramente Primeiramente, cabe ressaltar que o STF, nos últimos anos, esteve envolvido em diversos acontecimentos que causaram comoção no Brasil, como por exemplo, o impeachment de Dilma Rousseff e na a prisão do ex-presidente Lula. No entanto, o Supremo tem tomado decisões que viola violam os princípios da democracia e não se coaduna coadunam com as normas da Constituição Federal. Assim, de forma análogo ao um Rei análoga a um rei absolutista do Século XVI, a Suprema corte tem censurado os meios de comunicação, vem suspendendo investigações contra seus membros e não tem respeitado a separação dos poderes, visto que recentemente a Corte tipificou a homofobia como crime.

Como reflexo disso, a população brasileira não está satisfeita com a atuação do órgão máximo do judiciário. No uso do seu direito de poder se manifestar, o povo brasileiro tem utilizado as redes sociais e até mesmo manifestação nas ruas, como a que aconteceu em novembro de 2019, para mostrar sua indignação. Pesquisas revelam que cerca de 39% da população está insatisfeita com STF e muitos pedem o impeachment de diversos membros da Corte.

Desse modo modo, fica evidente que a atuação do Supremo Tribunal Federal não tem agradado aos brasileiros. Faz-se necessário que o Supremo atue de forma mais justa e imparcial e cumpra fielmente a Constituição e a Lei as leis. Somado a isso isso, a separação de poderes proposta por Montesquieu deve ser respeitada para que não haja abuso de poder. Dessa forma, sociedade brasileira poderá ser mais democrática.

Comentário geral

Texto bom, apesar dos problemas estruturais, que o aproximam do gênero expositivo, mais do que do argumentativo.

Competências

  • 1) Apesar da quantidade significativa, os erros de linguagem, corrigidos em verde, são de pequena gravidade. Ressalte-se que acrescentamos o sobrenome da ex-presidente para tornar mais formal a declaração em que ele aparece. Os trechos assinalados em vermelho serão comentados a seguir.
  • 2) O principal problema da redação é estrutural. O ponto de partida do autor deveria ser o resultado da pesquisa, o que ele só apresenta no quarto parágrafo e, ainda assim, ele já havia tratado da insatisfação, em praticamente todos os parágrafos, inclusive o da conclusão. A redação parece não evoluir, fica dando voltas e chegando ao mesmo lugar: a insatisfação da população com a Corte.
  • 3) O segundo parágrafo é o que há de melhor na redação, pois explica os motivos do protagonismo do Tribunal, bem como os da insatisfação popular, por meio de argumentos propriamente ditos.
  • 4) Na questão dos recursos coesivos, cabe destacar que o autor fala em "primeiramente", mas não apresenta a consequente expressão "em segundo lugar". Ora se há um primeiro, tem de haver um segundo.
  • 5) A conclusão é óbvia por repetir o que já foi dito diversas vezes na frase inicial assinalada em vermelho. De resto, a sugestão de intervenção é apenas mediana, mesmo com a citação das ideias de Montesquieu, que já se tornaram autoevidentes nas democracias modernas.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 160
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 720

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.


PUBLICIDADE