Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Novembro/2018 A onda conservadora e o Brasil nos próximos anos

Redação corrigida 100

A onda conservadora e o Brasil nos próximos anos

Inconsistente Erro Correção

O país está em transição para um novo governo conservador, que passou muito anos sendo governado pelo PT (Partido dos Trabalhadores), considerado de esquerda. Tendo como eleito o presidente Jair Bolsonaro, considerado de direita, e trazendo com ele a maior bancada conservadora no congresso Congresso. Uns dos principais causadores do descontentamento são a corrupção, uma crise que perduraram anos, e políticas públicas ineficientes.

A nação passou por uma onda de corrupção jamais vista, tendo os maiores esquemas sendo descobertos no governo PT e como principais o Mensalão e a Lava Jato, colocando o país em uma crise que perdurou por anos.

Como consequência também, dessa onda conservadora, temos também as políticas públicas ineficientes, principalmente em setores como segurança, educação e saúde, que comparado a vários países coloca o Brasil em uma posição desconfortável.

Por parte desse governo que estar está por vir, avalia-se um governo conservador, defensor das tradições e valores religiosos e ao nacionalismo, contra as imigrações de estrangeiros, contra as minorias, entre outras. Resta a população brasileira esperar os desdobramentos dessa nova transição para posterior avaliação. Para a sociedade, não importa se de direita ou de esquerda, o importante é que governem para o povo e pelo povo.

Comentário geral

Lamentavelmente, o texto só pode ser considerado precário, seja por sua linguagem repleta de problemas, seja pela maneira simplista e desorganizada com que tenta apresentar os fatos que se passaram no Brasil em 2018, seja por equívocos como chamar de “consequências” o que são, na verdade, “causas”. Logicamente, percebe-se que o autor tem algumas noções acerca do que discorre, mas ou são muito superficiais ou foram expostas superficialmente. São tantos os erros, que não há espaço suficiente para comentá-los um a um. Vamos apontar apenas alguns.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) pela ordem dos termos, entende-se que o governo conservador foi governado muitos anos pelo PT. b) No segundo período, há duas orações reduzidas de gerúndio, que são subordinadas, mas não há uma oração principal a que elas se subordinem. c) A última frase é caótica: não se sabe se “uma crise que perduraram (sic) anos” é ou não uma oração apositiva ao termo “corrupção”, ou se essa crise (crise do quê? econômica? política?...) é um dos “causadores” que o autor aponta.

2) Segundo parágrafo: basicamente, repete o que foi dito no parágrafo anterior.

3) Terceiro: apontar como “consequência” o que é, na verdade, causa não é um simples erro de vocabulário. É um erro grave de conteúdo, pois inverte a realidade analisada.

4) Quarto parágrafo: Também muito mal escrito, faz afirmações sem a devida justificativa e não consegue ultrapassar noções simplistas, como a de que só se pode avaliar efetivamente o governo quando ele começar, e lugares-comuns, como a de um governo para o povo e pelo povo.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 20
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 20
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 20
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 20
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 20
Nota final 100

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.