Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2018 Pena de morte: o Brasil deve adotá-la? Por quê?

Redação corrigida 550

A paz numa seringa e a distopia do medo

Erro Alteração Correção

A pena de morte foi utilizada e ainda hoje é permitida em alguns países, sendo a pena máxima para crimes extremos. No Brasil, diante do aumento da violência e dos índices de mortes, a parcela da população que apoia tal medida apresenta um significativo crescimento, sendo agora pouco mais da metade dos brasileiros. Ao se propor a adoção dessa pena no Brasil, devem ser questionados os efeitos e a sua necessidade no cenário atual.

Segundo as pessoas que apoiam a pena de morte, seriam reduzidos os gastos com a ressocialização de detentos, além da diminuiçãoà a longo prazo – dos índices de violência, levando em consideração o medo de tal punição e o não retorno de assassinos à sociedade.

Por outro lado, pesquisas internacionais revelam que o medo da punição não impede que indivíduos cometam crimes. Além disso, não existe qualquer levantamento quanto aos efeitos dessa pena nos países que à a utilizam.

Outro fato importante é a qualidade do sistema judicial que, hora uma vez ou outra, apresenta falhas processuais e erros de julgamento irreversíveis.

Por fim, o que se percebe é que a adoção da pena de morte no Brasil seria a tentativa de solucionar, de forma fácil e preguiçosa, o problema da violência. Em outras palavras, é mais fácil assustar e matar jovens do que educá-los adequadamente.

Comentário geral

Texto regular. O autor não desenvolve suficientemente suas ideias, acreditando estarem subentendidas várias coisas que de fato não estão. É pena, pois o texto demonstra que ele tem potencial para realizar um trabalho melhor. Usando as próprias palavras do autor, parece que foi ele quem quis desincumbir-se da redação de forma fácil e preguiçosa...

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: o autor fala em questionar os efeitos e necessidade, mas, no desenvolvimento, atém-se aos efeitos e não discute se ela é ou não necessária, apenas dá a entender que não é.

2) Segundo parágrafo: é um equívoco pensar que a pena de morte é uma solução mais barata. Pelo contrário, por ser irreversível, a pena de morte resulta em processos longos, com inúmeros recursos, muitas vezes bancados pelo governo, por falta de dinheiro dos criminosos para pagar advogados e os custos das ações judiciais. Outro equívoco é simplesmente expor a opinião dos que são favoráveis à pena de morte e não chegar a criticá-las, acreditando que basta assumir a posição contrária para mostrar que eles estão errados.

3) Terceiro parágrafo: com base em que o autor afirma que não existem esses levantamentos. Quem pode garantir que eles não existem? Seria preciso apresentar provas disso, com o que o autor sequer se preocupa.

4) Quarto parágrafo: o autor é telegráfico e não esclarece suficientemente o ponto a que ele quer chegar.

5) Quinto parágrafo: a) implantar a pena de morte não seria, em hipótese alguma, uma solução fácil ou preguiçosa, muito pelo contrário. Imagine a responsabilidade que os tribunais precisam ter para condenar alguém à morte. b) O argumento final é pueril. A criminalidade só existe por falta de educação? Basta levar os adolescentes a uma boa escola para que eles não se tornem criminosos no futuro? Difícil crer nisso.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 150
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 100
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 100
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 100
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 100
Nota final 550

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.