Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez



REDAÇÕES CORRIGIDAS - Dezembro/1969 O Brasil e os imigrantes no mundo contemporâneo

Redação corrigida 720

A situação atual do Brasil e a imigração

Erro Alteração Correção

Um dos temas mais debatidos atualmente, a migração é um fenômeno que vem crescendo à medida que povos tentam fugir de crises humanitárias como as que assolam a Síria e a Venezuela. Se, por um lado, há aqueles que defendem o acolhimento das pessoas que tentam obter residência em outros países; existem grupos cada vez maiores de indivíduos contrários a políticas mais brandas de imigração, devido à atual fragilidade da econômica economia mundial.

A movimentação de povos em todo o mundo é um processo inerente à raça humana e é responsável por mudanças que contribuíram para a existência do homem no planeta Terra. Porém, o que antes era usado como meio de busca por locais com melhores condições naturais, como regiões com água potável, passou, após o início dos conflitos entre povos, a servir como fuga das mazelas geradas por esses mesmos conflitos. Um exemplo disso é a vinda, para o Brasil, de europeus, que fugiam das consequências da segunda guerra mundial Segunda Guerra Mundial, responsável pela destruição de grande parte do velho continente.

Conquanto a crise migratória na Europa recebeu tenha recebido, nos últimos anos, um destaque nas discussões entre as autoridades mundiais, o que mais tem preocupado os brasileiros é o fluxo de venezuelanos que vem imigrando para o Brasil. Isso porque o maior país da America América do Sul, historicamente um lugar que sempre recebeu bem imigrantes, uma das características que contribuíram para que o país se tornasse uma das maiores potências mundiais, não está preparado para receber muitas pessoas. Um exemplo disso é a precariedade dos serviços públicos, como na área da saúde, que já prejudica milhares de brasileiros e poderia piorar com um aumento populacional repentino, como aconteceu em Roraima, onde foi declarado estado de calamidade devido à grande concentração de estrangeiros.

Dessa forma, fica claro que o governo brasileiro deve assumir uma posição de cautela em relação à entrada de imigrantes no país, sejam vindos de países vizinhos ou de outras regiões como o norte do continente Africano africano. Uma vez que o Brasil enfrenta uma crise sem precedentes, que reduziu a arrecadação dos governos e, consequentemente, prejudicou os serviços públicos, permitir a entrada de imigrantes pode significar colocar essas pessoas sob o risco de enfrentarem condições desumanas de vida aqui também.

Comentário geral

Texto bom, que quase perde o foco devido à prolixidade e à tentativa de abranger a questão das migrações num âmbito histórico amplo demais. Os erros de gramática e alguns problemas de linguagem foram corrigidos em verde. Em vermelho apontamos aspectos pontuais que serão comentados abaixo, em suas devidas competências. O autor tem evidente potencial para melhorar seu desempenho em redação.

Competências

• 1) No quesito linguagem, o texto é bom. Não há erros gramaticais graves. É importante, porém, ressaltar que o autor emprega períodos muitos longos, com orações intercaladas que dificultam às vezes a leitura, como é o caso do trecho em vermelho assinalado no terceiro parágrafo.

• 2) O autor compreendeu o tema e, de fato, dissertou sobre ele. No entanto, nada há em sua dissertação ou argumentação que se destaque e impressione o leitor, de modo que a lhe atribuir a nota máxima.

• 3) Um dos problemas da argumentação é justamente o fato de o autor resolver fazer uma divagação histórica muito ampla no segundo parágrafo. Por que falar nas migrações pré-históricas para tratar do problema atual? Igualmente, o autor escolhe mal o exemplo da Segunda Guerra Mundial. As primeiras ondas migratórias de importância no Brasil ocorreram ainda no século XIX. Esses tópicos equivocados enfraquecem a argumentação.

• 4) O autor consegue ser coeso por ter domínio dos recursos linguísticos necessários à construção da argumentação, mas as divagações e a tentativa de ser abrangente prejudica a hierarquia das ideias e a sequência lógica de seu raciocínio, impedindo que lhe seja atribuída a nota máxima.

• 5) Falar em “assumir uma posição de cautela” é ser genérico em excesso, no que se refere à proposta de intervenção para solucionar o problema. É essa a questão que diminui a nota atribuída a esse parágrafo conclusivo, que, de resto, é bem coerente com o restante da dissertação.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 160
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 720

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.