A terapia de reversão da orientação sexual

NOTA 2,5

Deve ser permitida a terapia de reversão da orientação sexual. Tal ação A terapia de reversão da orientação sexual deve ser permitida. Isso não irá impor aos homossexuais que façam o tratamento, ou tratamento ou que sejam feitas palestras sobre o assunto. Mas deve haver estudos e terapias, desde que a pessoa que deseja realizar, prontifique-se.

Uma pessoa que deseja realizar a terapia não significa que está doente, homossexualismo não é uma doença, contudo, há quem opte por tais sessões até mesmo para ter certeza de sua orientação sexual ou conhecer a si mesmo. O papel do psicólogo não é convencer seus pacientes, mas permitir que eles se conheçam a ponto deles de eles mesmos fazerem tomarem suas próprias decisões e estarem seguros disso.

Em contrapartida, há possibilidade de gerar uma maior intolerância para com aqueles que se negarem a participar da terapia de reversão da orientação sexual, ou sejam até mesmo forçados, ou induzidos por amigos e familiares a realizarem as sessões.

A terapia de reversão de orientação sexual deve ser uma opção para aqueles que desejem fazê-la, contudo, não devem deve haver programas, publicidades ou propagandas que induzam a pessoa a realizá-lo la, e deve ser efetuado efetuada somente em casos que sejam propostos pela pessoa, e pessoa e não por amigos e familiares. Não podendo também realizar tal terapia em menores de idade.

Comentário geral

 

Texto fraco, marcado pela repetição da ideia de que a terapia de reversão da orientação sexual deve ser feita, desde que voluntariamente. Isso é dito de diferentes maneiras no primeiro, terceiro e quarto parágrafos. O segundo é uma divagação sobre as terapias psicológicas em geral. Além de mal estruturado, o texto tem trechos confusos, que deixam o leitor sem saber exatamente do que o autor está falando, como se verá pontualmente.

 

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) onde a ideia de realização de palestras sobre o tema se encaixa no raciocínio do autor? Qual é o problema com a realização de palestras? Talvez ele tenha em mente palestras feitas para homossexuais visando convencê-los a fazer a terapia, mas isso é interpretação do leitor, porque o que o autor quis dizer não está claro. b) O parágrafo se encerra com a repetição da mesma ideia de uma forma ainda mais confusa. Deve haver estudos e terapias mas só para quem quer fazê-los.

2) Segundo parágrafo: é uma digressão sobre a validade das psicoterapias em geral, deixando claro que fazer terapia não significa estar doente.

3) Terceiro parágrafo: de modo confuso, o autor faz uma consideração pertinente, mas repetitiva: pode-se querer obrigar os homossexuais a fazer a terapia involuntariamente. A repetição é a de que a terapia deve ser feita apenas voluntariamente.

4) Quarto parágrafo: repete-se a questão da voluntariedade, esclarecendo que propagandas que induzam a fazer a terapia comprometem o caráter voluntário. O parágrafo se encerra, com uma frase com sintaxe truncada, em que o autor parece ter se lembrado de última hora que a terapia não pode ser feita em menores de idade, uma vez que isso também pode comprometer a voluntariedade do tratamento.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos