Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Agosto/2019 Criptomoeda: tecnologia e revolução econômica

Redação corrigida 600

A Utopia da Liberdade Financeira

Inconsistente Erro Correção

A tecnologia tem avançado de forma tal forma, que o sistema financeiro também poderá ser afetado; como no filme "Valerian", que se passa no futuro e é protagonizado pela atriz Cara Delevingne, onde em que existe um mercado interdimensional visitado por humanos, as humanos. As evoluções tecnológicas podem contribuir - bem ou mal - para a economia. O mais recente avanço é o bitcoin, moeda protegida por criptografia e completamente digitalizada, que pode enfraquecer instituições bancárias bancárias, as quais poderão tomar medidas para evitar o prejuízo.

A criptomoeda vem com a proposta de um menor controle financeiro estatal em relação a transações financeiras, além financeiras. Além disso, tornará a existência das atuais instituições bancárias desnecessária ou pouco eficaz. Diante desse dilema, essas instituições não aceitariam as circunstâncias e encontrariam alguma forma de participar da economia, através da modernização dessas instituições - tornando-as completamente digitalizadas dessa nova economia, modernizando-se e tornando-se também digitalizadas.

Por conseguinte, uma revolução econômica poderia ser gerada, onde em que os bancos iriam falir (gerando consequências catastróficas) ou haveria uma grande transformação do sistema vigente através dessa digitalização completa. Ou seja, os bancos não fechariam, mas sim utilizariam apenas criptomoedas nas operações. E a privacidade monetária que o dinheiro virtual propõe, seria propõe seria apenas uma ilusão.

Para comprovar esta essa tese, podemos citar o Blockhain, um registro virtual de transações que, embora seja seguro e, de certa forma, eficaz na organização desses processos, é um exemplo de controle. É complicada a existência de um sistema financeiro onde não haja fiscalização, pois na falta dessa fiscalização haveriam problemas relativos a crimes, golpes e outras situações; isso dá abertura, facilmente, a um controle por parte do Estado.

Portanto, a ideia de que a moeda virtual não será controlada é ilusória, pois esse tipo de avanço tecnológico ainda está se iniciando. Com uma possível revolução, as instituições financeiras encontrariam uma forma de lidar com esta problemática esse problema. Para evitar colapsos financeiros, uma alternativa seria, como citado anteriormente no texto, a modernização dessas instituições de forma gradual e com o consentimento de cada indivíduo.

Comentário geral

Texto mediano, prolixo demais, que tem por mérito a clareza e o caráter dissertativo-argumentativo.

Competências

  • 1) O autor é prolixo e acaba sendo um pouco repetitivo por isso mesmo. No primeiro e no segundo parágrafos, assinalamos em vermelho "bitcoin" e "criptomoeda", pois o tema não se refere exclusivamente a uma única criptomoeda, como a linguagem do autor dá a entender.
  • 2) O autor compreendeu o tema e desenvolveu um texto dissertativo, um tanto quanto confuso em termos de argumentação.
  • 3) O autor fala que pode haver uma "revolução" ou uma "grande transformação", mas não esclarece muito bem a diferença que há entre os dois conceitos, a princípio semelhantes. O argumento do blockchain, no penúltimo parágrafo, é equivocado, pois a questão que se levanta não é a de uma ausência de controle, mas do controle centralizado pelo governo e os bancos, e o controle descentralizado do blockchain, feito automaticamente pela rede de computadores. Tirando esses problemas de conteúdo, não há dúvida de que o autor se esforçou para apresentar uma argumentação consistente.
  • 4) O autor faz uso correto dos recursos coesivos, mas nisso também a prolixidade do texto interfere por meio da redundância.
  • 5) A única ressalva a fazer é sobre a frase assinalada em vermelho no último parágrafo. Como uma transformação dos bancos precisa do consentimento dos indivíduos? De que indivíduos? Por quê?

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 600

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.