PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Outubro/2019 Agrotóxicos ou defensivos agrícolas: dois nomes e uma polêmica

Redação corrigida 400

Agrotóxicos e Defensores Agrícolas: a mensagem por trás de um nome

Inconsistente Erro Correção

O Brasil é um dos maiores exportadores de soja do mundo e se tornou uma verdadeira potência agrícola, ao longo dos anos. No entanto, conflitos acontecem diariamente na agricultura, a discussão sobre qual nome seria mais adequado para os pesticidas (agrotóxicos ou defensores defensivos agrícolas) é um deles. É interessante que o ponto mais atrativo no conflito seja a imagem que os nomes em questão podem passar à população, não, propriamente, o nome.

Visando Considerando que os pesticidas vêm agredindo o meio ambiente e envenenando a nossa "alimentação saudável" alimentação, ambientalistas os chamam de "agrotóxicos". É um termo muito justo, visto que, de fato, os pesticidas tem têm poder contaminador. Esse fator foi divulgado há muito tempo no livro "Primavera Silenciosa", lançado em 1962, por Rachel Carson. O livro expôs, entre outras coisas, o nível de contaminação que o uso de pesticidas possui gera. Em contrapartida, os agricultores alegam que o termo mais correto para nomear os pesticidas seria "defensores defensivos agrícolas", pois ajudam a manter a agricultura "saudável" e em pé, ao eliminar as pragas que atrapalham as plantações.

Além disso, deve-se considerar que, se o Brasil tem mantido sua economia em pé através da agricultura à base de pesticidas, logo, a proibição desses agentes teria um devastador impacto impacto devastador na estrutura econômica brasileira. Ainda assim, pode-se colocar em questão que os alimentos com pesticidas são, economicamente, mais benéficos, pois possuem possibilitam lucro mais fácil que os alimentos orgânicos, sendo conveniente divulgá-los mais e facilitar seu o acesso a eles. A agricultura orgânica nunca se tornará favorável à economia se não for divulgada e acessível. Contudo, é perceptível que o nome dado aos pesticidas vai decidir qual verdade deve ser espalhada: os agrotóxicos venenosos e preocupantes para a saúde humana e o meio ambiente, ou, os defensores defensivos agrícola que mantêm a economia brasileira em pé.

Diante da situação, o Ministério da Agricultura, em conjunto com a ANVISA e ambientalistas defensores da causa ambientalistas, deveriam tratar os pesticidas pelo termo "agrotóxicos", a fim de divulgar os riscos que eles trazem e devem ser tratados com urgência, diminuir gradativamente o número de pesticidas permitidos no Brasil e, simultaneamente, promover e facilitar a venda de alimentos orgânicos, bem como o uso de pesticidas naturais. A ação aumentaria a saúde do ambiente e da população em geral, além de trazer uma nova alternativa para o sustento da economia brasileira, através da venda de alimentos orgânicos.

Comentário geral

Texto prejudicado por uma argumentação caótica.

Competências

  • 1) Os problemas de linguagem são grandes e afetam a compreensão do texto. Estão assinalados em vermelho e vão de declarações vagas, como a assinalada no primeiro parágrafo, à imensa confusão semântica e sintática, marcadas no terceiro e quarto parágrafos.
  • 2) O autor aponta o caráter negativo (ecologia) e o positivo (economia) dos pesticidas, mas não consegue esclarecer se acha que um dos dois prevalece. Pior, depois de dizer que é preciso verificar qual dos aspectos é mais importante, acaba tomando partido da denominação dos ambientalistas, sem fazer verificação alguma.
  • 3) O autor se sai melhor quando expõe fatos. Quando tem de argumentar, perde-se completamente. O exemplo maior é o caótico terceiro parágrafo.
  • 4) Até se percebe o esforço para tornar o texto coeso por meio de recursos linguísticos, o problema é que a confusão do conteúdo é tão grande, que dificilmente se encontra uma unidade em tudo o que é dito.
  • 5) O recurso aos alimentos orgânicos e aos pesticidas naturais não leva em conta vários problemas apresentados na proposta de redação e na coletânea.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 80
Nota final 400

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.