Aluno e escola de mãos dadas

NOTA 7,0

O esforço individual pode determinar o sucesso, mas uma escola preparada potencializa as essas chances. O conjunto A soma dos dois fatores permite o resulta no bom desenvolvimento do aluno. E, assim, a trilha de sucesso alcançado alcançada pelos estudos será possível. aluno, proporcionando o sucesso.

Apesar de haver casos de estudantes que venceram por seus próprios esforços, eles ainda são exceções. Na verdade, exemplos como esses deveriam ser regra, mas nem todos possuem a mesma determinação. Uma escola que desestimula, torna desestimula torna tudo ainda mais difícil.

Antes das cotas, por exemplo, dificilmente um aluno de escola pública passava em cursos concorridos, como medicina. Isso não significa que ele não se esforçou, porém tenha se esforçado. Ao contrário, foram as condições de sua escola que não permitia lhe permitiram superar os concorrentes de escolas privadas privadas, mais preparadas preparados.

No Brasil, vários jovens precisam viajar horas, não possuem alimentação adequada e falta material didático na escola viajar horas para ir à escola, onde não encontram nem alimentação nem material didático. Outros fatores fatores, como professores insuficientes e desestimulados, infraestrutura precária e má gestão gestão, contribuem para o fracasso desses estudantes. Logo, a própria força de vontade, muitas vezes vezes, não é suficiente.

Portanto, se deve promover deve-se oferecer uma educação de qualidade aos estudantes. Para isso, são necessárias escolas eficientes, com professores motivados e um bom incentivo incentivos ao aluno. E então, juntamente com seus esforços, o estudante terá um futuro brilhante.

Comentário geral

Texto bom, com muitas imprecisões linguísticas, cujas correções apontamos em verde. É importante notar como o texto melhora na medida em que se usam vocábulos mais adequados às ideias que devem ser exprimidas e recursos coesivos que conectem bem essas ideias, fazendo com que todas as partes resultem num todo e não simplesmente em declarações avulsas aglomeradas a esmo. Por exemplo, logo de início, quando o autor fala em potencializar chances, o leitor pode se perguntar chances de quê? No entanto, quando se usa essas chances fica claro que se trata das chances de determinar o sucesso. Igualmente, dizer que o conjunto permite não está errado, mas o sentido da frase fica muito mais claro quando se fala em soma e resultado. De resto, o texto é exemplar: o aluno soube introduzir corretamente o tema e apresentar sua opinião sobre ele, defendendo-a com argumentos sólidos, dos quais decorre a conclusão.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a frase em vermelho não faz sentido, quem percorre a trilha do sucesso, visando alcançá-lo, são os estudantes e não os estudos. É preciso tomar cuidado com frases em que predomina o sentido figurado. Notar que a sugestão que fizemos em verde racionaliza o fim do parágrafo, deixando-o claro e significativo. Dissertação não é poesia. Prefira usar uma linguagem em seu sentido denotativo ou literal.

2) Quinto parágrafo: é uma pena que um texto tão bom termine com um lugar-comum (futuro brilhante), com a rima estudante/brilhante, e com uma afirmação sem sentido claro: o que é esse futuro brilhante? Esse sucesso se limita aos estudos e o futuro brilhante é simplesmente entrar numa universidade? Ou trata-se de sucesso profissional? Um aluno pode ter resultados excelentes nos bancos escolares e, mesmo assim, não ter sucesso profissional. Enfim, em vez de usar um lugar-comum ambíguo, o autor deveria ter pensado um pouquinho mais e definido exatamente o que ele acha que o sucesso nos estudos pode proporcionar.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 2,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 2,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 7,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos