PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Janeiro/2020 Supremo Tribunal Federal e opinião pública

Redação corrigida 720

Amadurecimento da sociedade e o STF

Inconsistente Erro Correção

Os julgamentos dos casos de corrupção, decisões de temas sensíveis como drogas e a possibilidade de regulamentação do aborto e o aumento das discussões sobre esses tópicos pelas redes sociais graças à internet, fizeram com que o Supremo Tribunal Federal entrasse de vez no debate público.

Com a promulgação da Constituição de 88, o STF passou a ser expressamente incumbido de guardar a Carta Maior. Dessa forma, ficou responsável por dar a última palavra sobre a interpretação que a Administração Pública deveria ter acerca dos temas relacionados à constituição Constituição.

Apesar de de, no início dessa responsabilidade responsabilidade, lidar precipuamente com questões administrativas, com o amadurecimento da sociedade e o curso regular das instituições, novas questões demandaram a atuação do Supremo, destacando-se, primeiramente, os julgamentos dos casos de corrupção, notadamente o mais famoso, o caso do Mensalão que direcionou os olhos da sociedade para a Corte.

Em que pese a atuação em nos casos criminais citados acima, com o amadurecimento da sociedade, temas que, em tese, deveriam ser discutidos no Congresso, acabam entrando na pauta do STF por envolverem pontos sensíveis da Constituição como os direitos fundamentais. Tópicos como a legalização do aborto e de certas drogas que movimentam os debates sociais na internet e focalizam o STF com a última palavra.

Assim, apesar do destaque que vem ganhando nos últimos anos, o STF, como Corte Constitucional, deve se ater estritamente na proteção da constituição Constituição, não se deixando levar pela paixão da opinião pública em seus julgamentos. Da mesma forma, não invadindo a competência de legislar legislar, que cabe aos representantes do povo no Congresso Nacional.

Comentário geral

Texto bom, com os problemas apontados a seguir. Há sempre alguma subjetividade do corretor na avaliação de um texto. Aqui, especificamente, pode-se considerar subjetiva a nota da competência 1, pendendo injustamente para o excesso. Nossa justificativa é que, em termos de linguagem, o autor está acima da média e atribuir-lhe aqui a nota máxima torna mais equilibrada a avaliação do conjunto do texto.

Competências

  • 1) Há poucos erros de gramática e nenhum problema de linguagem a destacar. Os maiores problemas são de estrutura e conteúdo.
  • 2) O texto é mais expositivo do que dissertativo. O autor procura mais explicar o que é o STF e por que ele ganhou a atenção da opinião pública. Note-se que a introdução se estende pelos dois parágrafos iniciais e já nesse ponto o autor começa a fazer afirmações incorretas sobre as funções do STF, que já era o guardião jurídico da Constituição nas outras Constituições da República anteriores a 1988.
  • 3) Os argumentos também padecem de equívocos conceituais: dizer que o STF precipuamente se volta a atos da Administração Pública está em desacordo com a realidade. É o caso de perguntar, de onde o autor tirou essa informação e porque ele faz afirmações sem verificar se elas são fundamentadas. Vale a pena também apontar a repetição do que o autor chamou de "temas sensíveis": drogas e aborto são mencionados no primeiro e no terceiro parágrafo, mostrando um pensamento que anda em círculos e não linearmente, como se exige de uma linha de raciocínio.
  • 4) Há um abuso de construções sintáticas baseadas em "apesar de" (ou "em que pese", que tem o mesmo significado), o que sugerem um repertório escasso de recursos coesivos.
  • 5) A conclusão é coerente e plausível, mas se insere no desconhecimento das atribuições do STF.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 200
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 160
Nota final 720

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.


PUBLICIDADE