Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2019 Posse de armas: mais segurança ou mais perigo?

Redação corrigida 400

Armas na mão do povo

Erro Alteração Correção

É notável que, a que a segurança do Brasil está precária e diariamente brasileiros ao saírem de suas casas e, diariamente, brasileiros, ao saírem de suas casas, com destino ao seu trabalho ou qualquer outro lugar, correm perigo. Isso porque pessoas não adequadas possuem armas e por essa mesma ferramenta cidadões inocentes morrem que matam cidadãos inocentes.

A posse de uma arma letal pode trazer maior sensação de segurança ao indivíduo, ao saber que que, se um criminoso invadisse sua casa casa, teria como se proteger. E em Em 2005, 64% da população votou votaram a favor do comércio de armas, isso significa que a maior parte da sociedade brasileira quer ter um acesso mais fácil à elas, e a a elas. A ideia de a maior parcela do corpo social sendo elas “de bem” estarem armadas significaria diminuir o índice de criminalidade no país.

Em controvérsia contrapartida, ter uma arma em casa significa maior vulnerabilidade e maiores riscos de acidentes com crianças, suicídios e brigas pessoais banais que poderiam resultar em mortes. Em janeiro deste ano, o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que facilita a posse de armas no Brasil, mas neste mesmo documento não há nenhuma especificação sobre fiscalizar as informações declaradas ao se tratar da posse de armas, ou seja, pouca fiscalização tem como consequência mais facilidade para ocorrência de fraudes.

Em suma, o Brasil Brasil, como um país democrata democrático, tem o dever de atender o desejo da maioria, mas é necessário e indispensável que o governo crie propostas melhores para aumentar a segurança e a confiança do povo brasileiro, como um teste de aptidão psicológica para o civil que deseja ter em sua casa uma arma.

Comentário geral

Texto mediano, em que, infelizmente, o autor não consegue seguir uma linha de raciocínios e desenvolve uma argumentação confusa e inconsistente.

Competências

• 1) A linguagem é mediana, com erros gramaticais de gravidade maior ou menor. Por exemplo, o texto abre com a expressão “É notável”, quando, aparentemente, o autor quer dizer que “é notório”. “Pessoas não adequadas” é uma expressão ambígua. Há ainda diversos trechos em que a modalidade formal da língua escrita é substituída pela informalidade da linguagem coloquial.

• 2) Há uma compreensão do tema e uma tentativa de discuti-lo, mas a argumentação fica comprometida pelo nítido desconhecimento que o autor tem acerca do decreto que foi assinado e do Estatuto do Desarmamento. Além disso, em termos estruturais, nem todos os parágrafos estão devidamente conectados de modo a formar uma linha de raciocínio.

• 3) Há uma exposição de pontos a favor e contra a posse de armas, mas o autor não extrai dessas premissas uma conclusão consequente e adequada, porque, depois de expor prós, e contras, passa a apresentar fatos incorretos sobre o decreto que facilita a posse de armas.

• 4) Diversas passagens do texto demonstram falta de coesão. Isso fica bem claro no segundo e no terceiro parágrafos, que trazem fatos justapostos em vez de conectados por meios dos mecanismos linguísticos adequados para a construção da argumentação.

• 5) O teste psicológico já é requerido pela lei, mas, o teste, por si mesmo, não seria suficiente para garantir a segurança do povo, tal como afirma o autor.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 400

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.