Arte, cultura brasileira

NOTA 0,0

Arte é cultura, e cultura e, como qualquer outra cultura, a arte é tem um leque muito amplo. Existem diversos tipos de arte no Brasil, como a arte indígena, a moderna, a pré-colonial e muitas outras outras, que varias várias pessoas, mesmo que nascidas no Brasil Brasil nem conhecem.

Atualmente, nos colégios públicos brasileiros, é totalmente incomum ver jovens sedentos pelo conhecimento aprofundado que a arte trás traz para a vida de cada um, o que acaba desvalorizando a sua própria cultura.

Com a nova reforma do ensino médio (lei que foi aprovada em 2017), matérias que levam os alunos para fora das quatro paredes, como a arte e a educação física não serão mais obrigatórias aos jovens. Formando assim, jovens despreocupados com a vida alheia, pois serão sem cultua cultura e sem conhecimento.

A escritora Luiza Gosuem disse uma vez vez: "Sem cultura não existimos, apenas ocupamos espaço". Quando a arte, seja ela em minuciosos detalhes, e a cultura, são cultura são tiradas dos colégios públicos, nesse mesmo instante é colocado um colocam-se antolhos nos jovens e um cabresto no que era para ser o futuro de toda uma nação brasileira.

Comentário geral

O autor não compreendeu o tema. Falou sobre a arte e a falta que ela pode fazer na educação da juventude, mas nem tangenciou a proposta que põe em questão os limites da arte. Infelizmente, quando o aluno não escreve sobre o tema que lhe foi apresentado, ele recebe nota zero. Apesar disso, vamos considerar os problemas pontuais da redação, que podem ser úteis ao esclarecimento de outros internautas e frequentadores do Banco de Redações UOL.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: o texto começa mal, com uma declaração muito genérica e com o uso inadequado da linguagem em sentido figurado. O parágrafo todo, no fundo, revela imaturidade na compreensão dos conceitos com que o autor deve desenvolver o texto.

2) Segundo parágrafo: o sentido figurado (jovens sedentos) é inadequado e o autor poderia pelo menos apontar quais são os conhecimentos aprofundados de que esses jovens deveriam ter sede...

3) Terceiro parágrafo: a) a arte e mesmo a educação física não são necessariamente praticadas fora das quatro paredes. Mais uma vez, o autor usa o sentido figurado das palavras inadequadamente. b) o trecho final em vermelho não poderia ter sido separado do trecho anterior por ponto final, pois é parte integrante dele. O verbo no gerúndio (formando) deveria ter um sujeito explícito ou implícito, mas o autor perdeu isso de vista.

4) Quarto parágrafo: a) ao citar alguém é importante dizer algo acerca desse alguém para o leitor que eventualmente não o conheça. b) O trecho em vermelho é completamente obscuro. O leitor pode apenas supor o que o autor está, sem sucesso, tentando dizer.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos