As vítimas da exposição

NOTA 3,5

A internet é hoje a maior e a melhor maneira de transmissão de conhecimento e conteúdo ao redor do mundo. Com ela, é possível aprender coisas novas, anotar informações, realizar e corrigir testes etc.. Os principais beneficiados desse instrumento são os jovens, que estão em processo de formação educacional e cognitiva.

Todavia, esta essa mesma rede de informações pode conter conteúdos nocivos para o bem estar bem-estar das crianças e adolescentes que a frequentam. Conteúdos estes que vão desde a exposição precoce a material pornográfico até o cyberbullying (prática de violência verbal dentro da na internet) e roubo de informações. Tendo em vista a inocência e a curiosidade, os mais suscetíveis a este esse mal são os próprios jovens.

O outro lado envolvido desta nessa situação são os pais, que que, temendo os problemas supracitados supracitados, acabam por vezes sufocando os filhos com uma super proteção superproteção desnecessária.

Visando estes esses problemas, medidas devem ser tomadas para resolver este esse impasse. A consciência do jovem em não acessar esse tipo de página na internet ou dar informações sigilosas a estranhos, prevenindo-o de demais problemas. A utilização pelos pais de recursos tecnológicos para o bloqueio de sítios virtuais mal intencionados mal-intencionados ou com público restrito a maiores de dezoito anos e uma campanha conjunta entre os diretores das escolas e os ministérios da tecnologia e educação Tecnologia e da Educação para o combate e extermínio da prática do cyberbullying.

Comentário geral

Texto fraco, que introduz o problema nos dois primeiros parágrafos, faz uma divagação superficial e insuficiente, no terceiro, acerca da situação dos pais na questão, passando, no último, a apresentar sugestões também superficiais e genéricas, quando não contraditórias para se lidar com os perigos da internet. Vale ressaltar que, em termos de linguagem (competência 1), não fosse os problemas de sintaxe do parágrafo final, o texto poderia ter tirado 1,5. O autor não precisa se preocupar tanto com o seu modo de redigir, mas deve estar mais atento a como desenvolver o conteúdo do que redige.

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) provavelmente é a maior, quanto a ser a melhor, trata-se de uma avaliação qualitativa com que muita gente pode discordar. É melhor evitar fazer afirmações tão categóricas. b) O autor se esquece que a internet também é um veículo de entretenimento e socialização, que é o que atrai, possivelmente, a maioria de seus usuários.

2) Segundo parágrafo: tem caráter redundante, devido à desorganização. Onde o autor fala pela primeira vez em crianças e jovens é que deveria estar a afirmação sobre a vulnerabilidade deles, para depois mostrar a que perigos eles estão vulneráveis.

3) Quarto parágrafo: a) Que problemas e que impasse? Trata-se de coisas diferentes? Não, o autor está se referindo a um único problema. b) Evidentemente, os problemas não se resolvem sozinhos e medidas são necessárias para resolvê-los, seja eles quais forem. c) O autor enumera as soluções em frases sem oração principal, só subordinadas. d) Trata-se de conscientizar os jovens, que muitas vezes não têm essa consciência a que o autor se refere. e) Se os pais usarem esses recursos não poderão ser considerados superprotetores como o autor afirmou no parágrafo anterior? e) Que tipo de campanhas? O termo campanha, em si mesmo, pode significar muitas coisas. f) Por que só os diretores e não os professores? Como seria a relação entre diretores de escolas e os ministérios em questão? Por que especificamente esses ministérios?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 3,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos