Compromisso com a educação

NOTA 7,0

"Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina". Essa frase da saudosa poetisa Cora Coralina é o um argumento para a motivação de professores que contribuem para o sucesso de muitas escolas no interior do Brasil.

Apesar dos de os governos continuarem desvalorizando os professores da rede pública de ensino ensino, ainda assim encontramos escolas que contribuem decisivamente para o bom desempenho do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em seus municípios.

Essas metas são alcançadas graças a à motivação desses profissionais que, mesmo com baixos salários salários, acabam ministrando boas aulas, porque amam a profissão. São eles que levam conhecimento e incentivo aos alunos. Tudo isso aliado a uma competente direção que, através de um regime disciplinar exigente exigente, proporciona a seus alunos uma escola compromissada com o que ministra.

O resultado não poderia ser diferente: a evolução intelectual de seus alunos e a boa repercussão da escola na comunidade que que, por ser referência entre os estudantes estudantes, acaba virando local de migração de outros estudantes que pedem aos pais a transferência.

Concluo que o sucesso educacional de um povo é resultado da boa escola escola, que acolhe e orienta para formação de futuros profissionais nas mais variadas profissões áreas.

Comentário geral

O texto é bom, mas poderia ser melhor, caso o aluno não tivesse tido uma compreensão equivocada do tema: basicamente, o texto fala da dedicação dos profissionais que conseguem transformar escolas públicas em ilhas de excelência, malgrado todos os problemas que o ensino público enfrenta, para concluir que o sucesso depende de uma boa escola. Onde ficou a questão do esforço individual explicitamente mencionado na proposta? O texto simplesmente deixa isso de lado, abordando o tema por um viés que foge ao que foi proposto. O modo de encarar o tema, também, leva o aluno a deixar de lado uma proposta de intervenção, limitando-se a extrair uma conclusão de suas premissas. Tirando esses problemas graves – fugir do tema e não apresentar proposta de intervenção – o texto é um bom exemplo de dissertação correta, em termos de estrutura e de linguagem.

Aspecto pontual

Quarto parágrafo: a expressão torna o pronome relativo que ambíguo, podendo se referir tanto a escola, quanto a comunidade. Seria preciso reescrever o trecho para acabar com essa ambiguidade; por exemplo: a evolução intelectual de seus alunos e a boa repercussão da escola na comunidade acabam por torná-la um virando local de migração de outros estudantes que passam a considerá-la referência e querem ser transferidos para ela.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 2,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 2,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 7,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos