De obrigatório passa ser facultativo

NOTA 3,0

O fim da obrigatóriedade obrigatoriedade das disciplinas Educação Física e Artes passa ser facultativo no nosso pais, este aspecto país. Isso não é favorável para a sociedade em que vivemos.

Há várias opiniões sobre a obrigatoriedade dessas disciplinas no Brasil, é uma situação viável de que todos devem está bem informados.

Eliminando a mesma da grade curricular é o mesmo que eliminar com a a educação dos jovens e das gerações futuras, pois a educação física não atrai apenas ao desejo dos jovens de praticar esportes, mas principalmente ao impacto que essas aulas tem têm em seu desenvolvimento completo, a completo. A prática de esportes é fundamental para que os jovens aprendam a lidar com os valores e habilidades necessárias para a vida em sociedade.

As aulas de Artes são fundamentais por diversos motivos, o aluno tem possibilidades de fazer uma leitura do mundo e criar uma visão crítica de seu entorno.

Portanto podemos concluir que essas disciplinas são de suma importancia importância para os jovens de todo o Brasil, onde vão desenvolver seus aspecto aspectos diante a sociedade, ter um boa interação com os demais.

Comentário geral

Texto fraco, que começa com uma afirmação absurda: o fim da obrigatoriedade passa a ser facultativo. Ora, se o fim da obrigatoriedade é facultativo, então ele não é o fim da obrigatoriedade! Ele pode ou não sê-lo, já que é opcional. Mas as afirmações sem sentido não param por aí. O que salva o texto de um desastre total são alguns argumentos apresentados no terceiro e no quarto parágrafo, que lhe dão efetivamente um caráter dissertativo. 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: já comentamos o absurdo da primeira declaração de que o fim da obrigatoriedade é facultativo. Resta dizer que a autora não justifica a afirmação seguinte. Por que não é favorável? Ela só vai dar a entender os motivos de achar isso a partir do terceiro parágrafo. Então, é importante usar um recurso coesivo, como por exemplo: isso não é favorável para a sociedade em que vivemos pelos motivos que veremos a seguir.

2) Segundo parágrafo: é difícil entender onde a autora quer chegar com essa afirmação. O que é uma situação viável? Por que todos devem estar bem informados sobre essa situação viável? Aparentemente, o que o autor quer dizer é que o fim da obrigatoriedade das disciplinas é algo polêmico, cuja discussão requer informações sobre o assunto. Mas isso é uma interpretação, pois o parágrafo é ambíguo e obscuro.

3) Terceiro parágrafo: a) apesar de se entender o argumento apresentado, o parágrafo é muito mal escrito. O pronome mesma foi usado de um modo duplamente inadequado. Certo seria usar o pronome pessoal sua. E, como se trata de duas disciplinas, no mínimo o autor deveria empregar as mesmas. b) Eliminar duas disciplinas elimina toda a educação? Será mesmo? É preciso pelo menos dizer de que modo a eliminação dessas disciplinas prejudicará o conjunto das outras. c) O autor argumentou certo por linhas tortas. Não se trata só de praticar esportes, mas de usufruir dos muitos benefícios que essa prática traz em relação à socialização dos indivíduos, ao trabalho de equipe, etc. Mas dizer isso falando em atração ao desejo e ao impacto é um modo bastante abstruso de se expressar.

4) Quarto parágrafo: Tudo bem. As artes são importantes por diversos motivos. Mas o autor só apresentou um: interpretar criticamente o mundo.

5) Quinto parágrafo: a escolha das palavras do trecho vermelho não poderia ser pior, a começar do uso incorreto do pronome onde. Aparentemente, a frase que o autor deveria dizer é: pois com isso eles irão desenvolver habilidades sociais.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 3,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos