Desejo de vencer

NOTA 3,0

É praxe convivermos com pessoas sonhadoras em nosso cotidiano, sonhos como; ser medico como ser médico, engenheiro, juiz , policial, etc, éetc.. É evidente que para realiza-los sera resalizá-los será necessário um empenho, entretanto, empenho. Entretanto, o esforço vira, do virá do instituto de ensino ou, de ou de quem almeja tal objetivo?

Sabemos que a situação educacional brasileira não esta está favorável aos alunos que tem têm o alvo de ser bem formado formados, pois, escolas amestram seres sem a estrutura cabível para exercer a função que foi escolhida.

Vemos superações incríveis, de cidadãos de baixa renda que esforçaram-se se esforçaram e conseguiram seus diplomas, com diplomas com honestidade, e hoje são exemplos para sociedade. Curiosamente, a maioria, vieram maioria veio de escolas publicas públicas, onde o ensino seria relativamente fraco, devido a à falta de interesse dos professores.

Portanto, o sucesso futuro que muitos buscam, depende somente de si mesmo, se não caminharmos na estrada que nos leva á à realização dos nossos sonhos sonhos, ninguém fara isso por nos nós.

Comentário geral

Texto fraco, prejudicado pela falta de coesão: há uma linha de raciocínio, mas os fatos que a compõem estão mal conectados entre si, de modo que parece não haver uma relação de causa e consequência entre as premissas e a conclusão. Disso decorre que o aluno apenas constata o que está na proposta: que há casos individuais de superação dos problemas existentes nas escolas públicas, sem procurar uma explicação para o fato. Além disso, o autor restringe sua reflexão ao ensino público, demonstrando não ter lido corretamente a coletânea. Finalmente, a grande quantidade de erros de linguagem contribui para uma nota ainda menor.

Aspectos pontuais

1) Segundo parágrafo: a frase em vermelho é obscura e ambígua. Seres é um termo vago que serve para se referir a seres humanos, animais irracionais, coisas inanimadas, etc. Amestrar é usado em geral para designar o treino de animais irracionais. Qual é a função que foi escolhida? A função da escola não é escolhida por ninguém. É determinada pela própria instituição. Se uma escola escolhesse alimentar, em vez de educar, ela deixaria de ser escola e passaria a ser um restaurante.

2) Terceiro parágrafo: a) a questão não é a honestidade, mas o esforço para superar condições adversas. Há quem consiga o diploma honestamente, mas sem muito esforço, fazendo o mínimo necessário para isso. b) A frase é reducionista, pois joga todos os problemas da educação pública na conta de uma suposta falta de interesse dos professores.

3) Quarto parágrafo: o autor muda de sujeito como quem muda de camisa: primeiro fala em muitos (3a. pessoa do plural), depois de si mesmo (3a. pessoa do singular), e de pois de caminharmos (1a. pessoa do plural). Além disso essa ideia de caminharmos atrás de nossos sonhos é um clichê.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 3,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos