Direitos Humanos e seu reflexo na sociedade

NOTA 4,5

A expressão Direitos direitos humanos refere-se ao rol de direitos inerentes ao ser humano humano, independentemente de idade, sexo, cor, crença, religião e orientação sexual, garantidos a todos. Esses direitos estão previstos tanto na Constituição Federal Federal, como em tratados específicos nos dos quais o Brasil é signatário. Como exemplo exemplo, podemos citar o direito à liberdade, à igualdade, ao trabalho, à educação e, sobre tudo sobretudo, o direito a uma vida digna.

O assassinato da vereadora Marielle Franco trouxe à tona a discussão sobre esse tema na sociedade brasileira brasileira, visto que ela era uma voz ativa na política e fomentadora desses direitos, defensora das minorias, dos pobres, dos negros e da comunidade LGBT, denunciando o abuso cometido por policiais, a omissão do Estado e a negligencia negligência das autoridades. As circunstâncias dos fatos circunstâncias que antecederam sua morte até a consumação indicam, porém sem certeza, que a motivação do crime foi justamente sua luta para o devido cumprimento dos direitos das pessoas a quem ela representava. O país se dividiu em opiniões favoráveis e contrárias aos direitos humanos. Muitos brasileiros acham que os direitos humanos são apenas artifícios para defender bandidos, favorecendo-os nas ações penais e contribuindo para a impunidade na nação. Conforme a pesquisa realizada pelo instituto Ipsos, de cada dez brasileiros seis acreditam que os direitos humanos só beneficiam criminosos.

De fato, há no país impunidade e falta de assistências básicas assistência básica à população, contudo não se deve colocar a culpa dessa situação nos direitos humanos e em seus defensores. A falta de serviços públicos eficientes decorre da má gestão do erário por parte dos administradores desses recursos. Ser contrário aos direitos humanos é o mesmo que abrir mão de direitos essenciais para uma vida digna e desprezar décadas de lutas sociais para adquiri-los. O objetivo de Marielle e dos apoiadores dos direitos é legítimo uma vez que é um meio de cobrar das autoridades o respeito à população, titular desses direitos, e também uma maneira de controle social sobre atos praticados pelos membros dos Três Poderes, promovendo, assim, um aprimoramento dos serviços públicos.

Ademais, caso comprovado que a motivação do assassinato da vereadora esteja vinculada ao seu exercício da defesa dos direitos humanos ou de sua atividade política, deve-se punir com rigor os envolvidos envolvidos, pois configura-se um atentado à democracia, que não deve ser tolerado em nossa sociedade.

Comentário geral

Texto regular, com potencial para melhorar muito com o uso adequado de recursos coesivos e com a redação de um novo parágrafo conclusivo. Apesar de o autor mostrar certo domínio da linguagem formal, falta coesão ao texto como um todo, porque não existe uma conexão linguística entre o que se fala sobre a morte da vereadora e os direitos humanos. É como se o autor estivesse tratando de dois assuntos, os quais têm um ponto em comum, o que fica claro principalmente no segundo parágrafo. Além desse problema, que é grave, a redação não cumpre com o requisito da competência 5 e, na verdade, nem faz uma conclusão sobre o tema direitos humanos, mas sobre a necessidade de investigar e punir a morte da vereadora.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a expressão "garantidos a todos" está deslocada no final da frase: lógica e sintaticamente, ela deveria estar entre "seres humanos" e "independentemente...".

2) Segundo parágrafo: não existe um nexo, seja um conectivo, advérbio, etc., que ligue o que está em preto com o que está em vermelho no parágrafo. Um trecho assim, por exemplo: ... a quem ela representava. De qualquer modo, com o crime, o país se dividiu em opiniões favoráveis e contrárias aos direitos humanos".

3) Terceiro parágrafo: a conclusão foge do tema por se concentrar no assassinato da vereadora.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 4,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos