Direitos vinculados a [à] lei

NOTA 0,0

É notório que os direitos em conflitos devem ser separados para que haja um maior entendimento sobre o assunto. A liberdade de expressão, é expressão é um direito o sobre o qual não pode haver repressão. Já a intimidade é um direito individual o qual merece punição quando violado.

Há de se compreender que a liberdade de expressão é um direito o sobre o qual não pode haver repressão repressão, segundo o artigo 5º da constituição Constituição brasileira de 1988, pois todos são iguais perante a lei, quando violado, deve existir de forma clara uma punição. Quanto aos veiculosveículos de comunicação veículos, deve ser seguido seguida a mesma lei que é aplicada aos cidadãos, pelo fato de estar implantando uma opinião. Da mesma forma, a intimidade deve ser respeitada de forma individual, quando violado violada, é merecimento de punição.

Por conseguinte, pode-se afirmar que os direitos como a liberdade de expressão e a intimidade devem ser seguidos de da forma prevista na constituição Constituição.

Comentário geral

 

O texto é lamentável. O autor não apenas não tem domínio da linguagem escrita, como também não tem ideias. Nos três parágrafos, repete à exaustão que a liberdade de expressão e a intimidade são direitos que não podem ser tolhidos, sob pena de punição. Isso, na verdade, é quando muito um ponto de partida para se refletir sobre o tema. Mas não há reflexão, assim como não há argumentação. Há apenas repetição de uma mesma ideia, às vezes até com as mesmas palavras, como se vê no primeiro e no segundo parágrafo, na frase: a liberdade de expressão é um direito sobre o qual não pode haver repressão.

 

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) é preciso separar os direitos para compreendê-los? Como assim? b) que a intimidade diz respeito a indivíduos é óbvio. Mas não é ele que merece punição quando violado, como afirma o autor. É a violação desse direito que é passível de pena.

2) Segundo parágrafo: a) começa do mesmo modo que o primeiro parágrafo e pouco acrescenta: a liberdade de expressão existe porque todos são iguais perante a lei? A igualdade perante a lei é outro direito, que não fundamenta a liberdade de expressão. b) Implantar opinião é uma metáfora inadequada no contexto em que foi usada. c) Sim, a lei é para todos, não só para os cidadãos, também para as empresas, o que também é óbvio. d) A frase final, além da obviedade, tem a sintaxe completamente fora dos padrões da norma culta.

3) Terceiro parágrafo: mais uma vez o autor se repete, dizendo generalidades óbvias e superficiais. E isso não é uma conclusão, pois não decorre das premissas anteriormente apresentadas.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos