Discriminação, preconceito e direito

NOTA 3,0

No âmbito escolar, a discriminação vem gerando cada vez mais atos de violências violência devido a à diversidade de opções sexuais. A partir destes aspectos aspectos, os preconceitos se originam, mas o respeito é direito e dever de toda a população.

O preconceito dos alunos com os outros que optam por uma escolha sexual diferente é perceptível, como consequência seguinte a violência violência, não sendo ela apenas física, também sentimental e etc. É frequente a decorrência ocorrência de fatos de discriminação por esse motivo, como motivo. Como exemplo podemos citar inúmeros casos, que já foram retratados nas telenovelas da Rede Globo onde em que pessoas homossexuais foram vítimas de preconceito e discriminação.

Segundo a Constituição Brasileira, todos são iguais perante a lei e todos os brasileiros e estrangeiros residentes tem têm direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade sem separação discriminação de qualquer natureza.

Portanto, sendo um problema á da sociedade, as rejeições estão presentes no nosso cotidiano escolar. Necessitando assim, escolar, necessitando, assim, de uma criação de programas sobre o direito e dever dos alunos de respeitar as diferenças sexuais de seus colegas, contando com o apoio da secretaria municipal de educação Secretaria Municipal de Educação para desenvolver palestras educativas, os pais educativas. Os pais também precisam estar colaborando colaborar para que os resultados sejam efetivos efetivos, gerando assim uma convivência pacifica pacífica dentro e fora do ambiente escolar.

Comentário geral

Não é uma carta-convite e, portanto, demonstra incompreensão da proposta. Para piorar, mesmo como texto dissertativo, é muito fraco. Os dois primeiros parágrafos são confusos e repetitivos. O terceiro parágrafo, apesar de breve, é o único em que o aluno se expressa com clareza. Já no último, voltam a aparecer trechos confusos e há muitos problemas gramaticais, como a pontuação incorreta e o abuso dos verbos no gerúndio.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) afirma-se que os casos de violência devido à discriminação da diversidade sexual vêm aumentando. De onde o autor tirou essa informação? Como ele pode comprová-la? b) A discriminação gera violência que gera preconceito? A afirmação não faz muito sentido. Correto seria dizer que o preconceito gera discriminação que pode resultar em violência, em violência física, pois a própria discriminação já é uma forma de violência.

2) Segundo parágrafo: a) basicamente o autor repete o que disse no parágrafo anterior. Só que, aqui, ele inverte os termos: é o preconceito que gera a violência que gera a discriminação. b) Optar é escolher, então não faz sentido falar em optar por uma escolha. c) Que significa afirmar que a discriminação é perceptível? Tudo no mundo é perceptível. O problema não é perceber a discriminação, mas evitá-la. d) A palavra consequência já evidencia que ela vem depois e é seguinte a algo. e) O que será violência sentimental? Aparentemente, aqui, o autor queria fazer a distinção entre violência física e psicológica.

3) Quarto parágrafo: a) Portanto dá ideia de que se vai concluir algo do que foi dito antes. Mas a frase que vem depois do portanto não tem nada a ver com o que foi dito antes. b) Há excesso de gerúndios e erros de pontuação. c) Se o problema é nacional, por que caberia especificamente a uma Secretaria de Educação Municipal intervir para buscar soluções?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 3,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos