Topo

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez

REDAÇÕES CORRIGIDAS - Setembro/2018 Direitos humanos: em defesa de quem?

Redação corrigida 200

É importante ressaltar que os direitos humanos

Erro Alteração Correção

É importante ressaltar que os direitos humanos são um sistema próprio para a vida, o direito que todos os humanos tem têm como a liberdade de expressão, o direito ao trabalho, o direito a à educação, entre outras coisas outros.

Com isso pode se dizer que os direitos humanos são algo que todos os seres usam como exemplo como, por exemplo, o direito de ir e vir e o de estudar, mas é claro que a lei acaba dando um passe livre para algumas pessoas com más intenção intenções, como alguns criminosos, por causa do direito no Brasil o os direitos humanos é tachado são tachados como “salva vida salva-vidas de bandido”.

Assim Assim, pode se observar que que, com essa falha falha, os bandidos acabam tendo uma forcinha dada pela própria lei, como o artigo 3 que diz sobre o direito a à liberdade, que acaba atrapalhando sobre deixar os presos em custodia, pois com isso custódia, pois, com isso, mesmo prendendo as más pessoas pessoas, elas continuam a sair da cadeia com comportamento ainda piores, como Augusto Branco dizia: “A pior ambição de um homem é desejar colher pela vida inteira os frutos daquilo que ele nunca plantou”.

Com isso pode se isso, pode-se concluir que a lei precisa de uma reforma, algo que aumente o direito dos policiais que não impeçam de dar um jeito na sociedade como aumentar o tempo de prisão além de diminuir um pouco o direito de ir e vir dos mal feitores malfeitores.

Comentário geral

Infelizmente, o texto é muito fraco, em todos os quesitos: linguagem, compreensão do tema, argumentação, coesão e proposta de intervenção, que é confusa demais.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) O autor já vai fazendo considerações sobre o tema (“É importante ressaltar que...), sem tê-lo introduzido devidamente. b) “Sistema próprio para a vida”? O que o autor quer dizer com isso? Que todos os seres vivos precisam de direitos humanos? c) A última declaração em vermelho é repetida no parágrafo seguinte.

2) Segundo parágrafo: a) começa com a repetição. b) O autor não se refere a uma lei específica, deve estar falando das leis penais como um todo. Deveria ter usado o plural. c) “Pessoas com más intenções” é um eufemismo coloquial e inadequado. d) Entende-se o que o autor diz na declaração final, mas sua forma de se expressar passa longe da norma culta do idioma e é conceitualmente equivocada.

3) Terceiro parágrafo: a) “uma forcinha” é coloquial e inadequado. b) Artigo 3 de que lei? O autor não dá a mínima indicação da lei a que está se referindo. c) O que significa “atrapalhar sobre deixar os presos sobre custódia”? Todo o final do parágrafo é confuso e termina com uma citação que não tem nada que ver com a discussão dos direitos humanos.

4) Quarto parágrafo: a) que lei precisa de uma reforma? O autor não diz. Pensa que pode usar “lei” para significar “leis”. b) Todo o restante do parágrafo é agramatical, o que, em termos de conteúdo, resulta numa grande confusão.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 50
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 50
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 50
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 50
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 200

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

Outros temas