Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Junho/2019 Universidade em crise: quem paga a conta?

Redação corrigida 520

Educação gratuita para quem realmente precisa

Inconsistente Erro Correção

No Brasil, a maior parte das famílias são consideradas é considerada de baixa renda. Desses Dessas são poucos os poucas as que têm interesse e condições de ingressarem no ensino superior, enfrentando condições difíceis e seus limites. A capacitada capacidade e a força de vontade de um estudante de baixa renda pode ser considerado semelhante ao podem ser consideradas semelhantes às de um estudante rico, porém, há discrepâncias relevantes entre eles com relação às técnicas e tecnologias utilizadas que impactam significamente no desempenho.

O estudante de baixa renda tem que mudar radicalmente o seu modo de vida. Normalmente ele tem que trabalhar e estuda estudar com os meios disponíveis, quando há oportunidades, enfrentando as dificuldades socioeconômicas no do ambiente em que vive, muitas das vezes muitas vezes, sem o apoio da família e com insuficiência de tempo para os estudos.

Enquanto isso, o estudante rico normalmente têm tem os melhores meios para estudar. Com o apoio da família, ele tem tudo o que precisa para ter o melhor desempenho nos estudos, tendo também uma maior quantidade de tempo livre pois ainda não precisa se preocupar com o trabalho.

Portanto, tendo em vista as dificuldades econômicas que as universidades estão enfrentando, é necessário também reanalizar reanalisar as dificuldades de cada grupo social. Por isso é necessário que o ministério da educaçāo Ministério da Educação reserve as universidades públicas para aqueles que estudaram integralmente em escolas públicas ou que não tenham condições de pagar o ensino superior. Pois assim Assim garantiremos que a educação gratuita seja disponibilizada para quem realmente necessita.

Comentário geral

Texto mediano, com muitos problemas de linguagem e um raciocínio que não convence o leitor sobre a solução que o autor apresenta para o problema da universidade.

Competências

  • 1) Há muitos erros gramaticais e inconsistências linguísticas. Logo no primeiro parágrafo, o autor fala equivocadamente de famílias que querem ingressar na universidade. Não se trata das famílias, mas de membros dessas famílias. Igualmente, não se trata de essas famílias "serem consideradas" de baixa renda. Elas, de fato, têm baixa renda. Note-se também, entre outros problemas, o uso redundante e equivocado do verbo "ter" no terceiro parágrafo.
  • 2) O tema foi mal compreendido, na medida em que o autor não opta por uma das alternativas apresentadas na proposta de redação. Pelo contrário, faz uma proposta sua: a de que só os alunos de escola pública tenham acesso à universidade pública, proposta descabida e sem fundamento na realidade.
  • 3) Há um esforço grande para argumentar na comparação que o autor faz entre as condições de estudantes ricos e pobres. Infelizmente, esse esforço não é suficiente para ser avaliado acima de mediano, pois conduz para uma conclusão equivocada.
  • 4) O texto é coeso e coerente, apesar da conclusão fugir ao tema.
  • 5) A conclusão foge à proposta e é equivocada. A universidade pública não pode ser exclusiva para um grupo social, seja ele mais favorecido, seja ele menos favorecido.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 520

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.