Educação: notório saber

NOTA 0,5

Absurdamente nossos governantes vem vêm cometendo mais erros na área educacional, os quais poderão levar mais ao fundo do poço os índices de evasão escolar de nossos estudantes. Para melhorar esses índices são necessárias muitas outras ações a no nível social e educacional que acrescentem e não retirem nada do que já conquistamos.

Neste tempo em que os estudantes ficam a maior parte de seu tempo conectados aos meios tecnológicos e sendo assim não praticam exercícios físicos, é imprescindível ofertar a eles a prática esportiva e a oportunidade para desenvolver habilidades artísticas.

Outros dois equívocos são: acreditar são acreditar que temos estrutura física disponível para trabalhar em tempo integral em todos os estabelecimentos educacionais do país e não observar que nossa clientela vem de famílias carentes, que vislumbram a entrada no Ensino Médio e a possibilidade de trabalhar meio período para colaborar com a renda familiar.

Enquanto os que tem têm o poder de melhorar os aspectos educacionais estiverem se pronunciando com "notório saber", sem conhecer nossas realidades e reais necessidades, estaremos, infelizmente, a um passo de piorar ainda mais a educação de nosso país.

Comentário geral

Texto muito ruim, em todos os aspectos avaliados. Em primeiro lugar, há equívocos conceituais graves, a começar do notório saber a que o título se refere. A expressão notório saber é utilizada pelas universidades brasileiras para qualificar o professor que não fez um curso de doutorado, mas possui conhecimentos equivalentes. Não é esse o sentido que o texto atribui à expressão. Além disso, o tema da proposta de redação – a saber o fim da obrigatoriedade de artes e educação física no ensino médio – foi mencionado somente de passagem no segundo parágrafo. Para piorar, a redação é composta de uma série de declarações avulsas que não seguem uma linha de raciocínio, nem mostram o desenvolvimento de qualquer argumentação.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) a expressões mais erros e outras ações deveriam ter caráter comparativo e referir-se a erros e ações anteriores, mas não é o que acontece aqui. Que erros foram cometidos antes, para que se possa falar em mais erros? Que ações foram tomadas antes, para as seguintes serem distinguidas como outras? O texto não diz. b) De onde se deduz que esses erros – sabe lá quais! – se relacionam necessariamente com um problema específico como os índices de evasão escolar? c) Que ações sociais podem intervir diretamente no problema? d) Quais são essas conquistas e a quem, exatamente, se refere a primeira pessoa do plural? Quem conquistou o quê?

2) Segundo parágrafo: o único motivo para o ensino de artes e a prática de educação física é afastar os jovens do mundo digital? É o que o texto dá a entender.

3) Terceiro parágrafo: a) como a falta de uma suposta estrutura física impede o ensino em tempo integral? Os problemas de um ensino em tempo integral não é propriamente afetado pelas instalações da escola, mas pela necessidade de mais professores, pela mudança de mentalidade dos alunos, pela alimentação na escola, por quem paga os custos que aumentam se os estudantes ficarem mais na escola. b) Nossa clientela? Como assim? O autor pertence a alguma instituição de ensino? c) Também não se trata de vislumbrar, mas de precisar estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

4) Quarto parágrafo: como já comentamos na avaliação geral, o aluno usa inadequadamente a expressão notório saber, acreditando que o simples fato de colocá-la entre aspas lhe atribui um sentido que não é o usual.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos