Educação vem de casa

NOTA 0,0

Antigamente a disciplina era cobrada nas escolas para obter bons resultados dos alunos. Mas infelizmente os tempos mudaram e hoje os estudantes estão se rebelando e se destacando entre os piores. Mas a culpa não seria primeiramente de casa? Até que ponto essa indisciplina chegará?

O início de tudo é com os pais, pois a educação vem do lar, então cabe a eles educar e ensinar seus filhos a respeitarem as autoridades. Se ali não são disciplinados disciplinados, a escola não será totalmente responsável pelos maus atos desse aluno desses alunos.

Contudo, sabe-se que a responsabilidade de agir com ordem e autoridade está na direção das escolas, pois é lá que preparam os jovens para o mundo. Se não for ensinado o respeito no ambiente escolar, não é do lado de fora que vão exercê-lo exercê-lo, pelo contrário contrário, serão desrespeitados e o colégio ficará de mau exemplo para os próximos a estudar.

Portanto, pode-se concluir que a educação vem primeiramente dos pais, mas a ordem, a autoridade e a disciplina nas escolas favorecem completamente o bom comportamento dos alunos. Se em casa não são ensinados ensinados, o mundo os ensinará da pior maneira. Como diz a frase de um filósofo um filósofo "Eduque as crianças e não será necessário punir os adultos".

Comentário geral

A redação está fora da proposta, que era sobre os colégios militares e sua disciplina rígida. Nesse sentido, não há como dar outra nota senão zero ao texto, pois o aluno não entendeu a proposta e escreveu sobre o que achou que devia, não sobre o que lhe foi pedido. Mesmo que se considerasse a redação válida, não haveria como dar uma nota muito melhor ao texto, algo entre 3,0 e 4,0. A análise do problema da educação que ele apresenta é superficial, não aborda a educação escolar, mas a educação no sentido do bom ou mau comportamento. Sua argumentação tem um momento de grande confusão (quarto parágrafo) e a conclusão é um clichê: se os pais não educarem, o mundo educa...

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: Se destacando entre os piores? Como assim? Que piores? Os piores estudantes de todos os tempos? A frase é ambígua e não se pode dizer com precisão ao que o autor se refere.

2) Segundo parágrafo: o autor começa a frase referindo-se a filhos, no plural, portanto, como continua tratando das mesmas pessoas, embora os considere agora como alunos, o plural deve ser mantido.

3) Terceiro parágrafo: a) A frase inicial é ambígua: são as escolas ou a direção das escolas que preparam os jovens para o mundo? b) É também contraditória, pois o aluno anteriormente disse que essa obrigação era, em primeiro lugar, dos pais. c) O segundo período do parágrafo é completamente agramatical e falta-lhe lógica, coerência e foco. Não se sabe quem será desrespeitado e por quê?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 0,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos