Greve: o sacrifício da população

NOTA 1,5

A greve dos caminhoneiros deu início devido o teve início devido ao aumento de gasolina no Brasil. É notório que esse assunto trás traz divergências de opinião, pois a ação dos caminhoneiros trouxe consequências a população brasileira.

Com o aumento do imposto da gasolina, houve se houve revolta por parte da população que deu início a greve, que de fato os caminhoneiros são os que mais sofrem com a situação. A greve paralisou o Brasil, bloqueado as principais rodovias e ocasionando no desabastecimento dos comércio levando a o desabastecimento, com a falta de remédios, alimentos e combustível nos estabelecimentos combustíveis.

É importante relatar que essa greve fez se necessária para mostrar, os mostrar os preços abusivos que os brasileiros pagam de impostos. Porém o Brasil não pode parar, devido a inúmeros transtornos que é deixado a Boa são deixados à boa parte da população, como indivíduos doentes precisando de remédios, famílias que necessitam do alimento e o direito do cidadão de ir e vir.

Portanto, devido aos fatos fatos, a primeira coisa a se fazer é que o poder público estabeleça uma queda nos impostos, e que também diminua a carga de trabalho dos caminhoneiros, pois eles são de extrema importância para o Brasil e são os que mais saiem saem prejudicados com preços abusivos.

Comentário geral

Texto muito fraco, abaixo do que se espera de um aluno no final do Ensino Médio. Há problemas graves de linguagem, mas também de conteúdo e de estrutura. O texto não é coeso, constituindo-se de algumas divagações que apenas tangenciam o tema. Infelizmente, não é possível atribuir pontuação maior em todas as três competências que pontuaram.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) o autor começa por demonstrar desinformação acerca do assunto. O problema foi deflagrado pelo preço do diesel e não da gasolina. b) A expressão "esse assunto" refere-se ao "aumento da gasolina", que não é o que o autor afirma estar causando a polêmica.

2) Segundo parágrafo: a) agora foi o imposto e não a gasolina que aumentou... b) A população não entrou em greve. Os caminhoneiros entraram. c) Mais uma vez: os caminhões são movidos a óleo diesel e não por gasolina. Sem um mínimo de cuidado com as declarações em uma redação, o resultado só pode ser ruim.

3) Terceiro parágrafo: a) a maioria da população considera os impostos abusivos e não precisou da greve para saber disso. b) O resto do parágrafo é uma declaração incompleta e confusa.

4) Quarto parágrafo: o autor parece não ter um pé na realidade. É totalmente alienado. Não se cortam impostos milagrosamente e nem todos os impostos afetam especificamente os caminhoneiros. Então, enquanto sugestão de intervenção, esse parágrafo é nulo.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,0
Nota final 1,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos