Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez



REDAÇÕES CORRIGIDAS - Dezembro/1969 O Brasil e os imigrantes no mundo contemporâneo

Redação corrigida 600

Imigrantes: o direito à vida e a assistência

Erro Alteração Correção

A população do nosso país foi formada, em grande parte, por imigrantes portugueses, africanos (foram trazidos à força em navios negreiros), italianos, japoneses entre outros italianos e japoneses, entre outros. Cada um fez parte de um período histórico dessa nação, com contribuições para a estrutura econômica, política e agrícola. Na contemporaneidade atualidade, o Brasil continua a receber essas pessoas pessoas que vem vêm, ou melhor, fogem de guerras, crises econômicas, perseguições religiosas e políticas e de tantos outros motivos.

Nos últimos anos, migraram os haitianos, bolivianos, coreanos, angolanos, sírios e recentemente e, recentemente, em 2018, os venezuelanos, que estão fugindo da crise em sua pátria.

A Declaração dos Direitos Humanos garante o direito à vida, à liberdade, ao trabalho e a educação, sem discriminação, a todo ser humano. A posição do Brasil deve ser a mesma do século XIX e XX, quando recebeu diversos imigrantes e agora e, agora, na contemporaneidade atualidade, a de continuar aceitando a migração dessas pessoas, pois estará cumprindo os direitos humanos, que são inerente a todos independente inerentes a todos, independentemente da nacionalidade, idioma, etnia ou qualquer outra condição.

Eles migram carregados de necessidades básicas e elas devem ser atendidas com prioridade, como a documentação, moradia, saúde, educação, higiene, alimentação e renda. Mesmo o nosso país sendo subdesenvolvido, não pode deixar de garantir esse direito à vida aos imigrantes.

Em suma, há muitas ONGS e instituições religiosas que ajudam essas pessoas. O governo pode subsidiar esses lugares essas entidades com o recrutamento de voluntários da área da saúde, educação (com foco no aprendizado da língua portuguesa) e orientar sobre a procura por trabalho e abrigos para os imigrantes.

É preciso, também, ter um olhar para os filhos deles, que estão em período escolar e orientar as escolas a desenvolverem projetos com os alunos sobre a xenofobia, o bullying e a discriminação; procurar trazer a cultura dessas crianças e adolescentes ao conhecimento dos discentes estudantes brasileiros, para que se desenvolva empatia e respeito à diversidade cultural.

Comentário geral

Texto mediano, com uma estrutura que foge parcialmente ao gênero dissertativo-argumentativo e com uma argumentação inconsistente.

Competências

• 1) Apesar dos erros, o texto está bem escrito: o autor sabe comunicar suas ideias com clareza e coerência. Mas há deslizes inaceitáveis: a enumeração “econômica, política e agrícola”, uma vez que a agricultura está incluída na economia; o mau uso da expressão “em suma”, isto é, em resumo, quando o autor não resume o que estava dizendo; a primeira frase do quarto parágrafo, em que o uso do pronome “eles” é ambíguo e gramaticalmente incorreto.

• 2) O autor compreendeu o tema, mas deixou a desejar em termos de estrutura do texto dissertativo, principalmente pela prolixidade.

• 3) A argumentação é ingênua e generosa, característica de adolescentes. A Declaração dos Direitos Humanos não tem força de lei. Há um equívoco histórico em considerar como imigrantes propriamente ditos os colonizadores e os escravos. É ingenuidade achar que o Brasil tem o dever moral de acolher os imigrantes e otimismo achar que as ONGs e igrejas podem se encarregar completamente do problema.

• 4) Texto mediano no tocante a estrutura, por que está cheio de idas e voltas, bem como não persegue diretamente uma linha de raciocínio.

• 5) Merece destaque o parágrafo final, em que o aluno tem uma percepção mais aprofundada do problema dos imigrantes ao falar sobre seus filhos e a integração desses com as crianças brasileiras.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 80
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 120
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 160
Nota final 600

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.