Injustiça

NOTA 2,5

Atualmente, um dos assuntos que está sendo muito discutido é a questão do direito ao foro privilegiado que se trata trata da maneira como as autoridades são julgadas, é oferecido recebendo um tratamento diferente dos outros cidadãos comuns cidadãos.

Sendo assim, porque ser diferente o tratamento por que o tratamento é diferente? Se somos todos iguais perante a lei? É o mesmo crime, então todos tem têm que cumprir a pena igualmente, sem restrição. Querem acabar com a desigualdade, mas fica difícil.

No entanto, o ideal seria independente seria que, independentemente de quem seja, cumprir a devida pena do crime, a pena tem que ser a mesma para todos, mesmo ambiente, mesma comida.

Seria uma injustiça com os outros, sem contar que nuncam iria nunca iriam parar os crimes, já iriam estar ciente cientes que o tratamento seria diferente, e para eles isso é bom.

A sociedade deveria protestar, se imobilizar para manter os direitos iguais, as escolas poderiam fazer campanhas de conscientização para alertar a população da desigualdade que está havendo.

Comentário geral

Texto fraco, em que se destaca a incompreensão do tema. O autor não está falando do julgamento em foro privilegiado, mas do cumprimento de penas. A pena é posterior ao julgamento, caso fique provada a culpa, mas o tema é a etapa anterior: o foro em que o julgamento de autoridades ocorre. Em termos de linguagem, predomina a informalidade e há deslizes e erros graves.

Aspectos pontuais

1) Segundo parágrafo: a) o autor se desvia do tema ao trata da pena e não do julgamento. b) Quem quer acabar com a desigualdade? Desigualdade do quê?

2) Terceiro parágrafo: além de insistir na questão da pena, fugindo ao tema, é o caso de perguntar: como assim, "mesma pena para todos"? Mesma pena para quem furtou um pãozinho e para quem assassinou a mãe a pauladas?

3) Quarto parágrafo: O que "seria uma injustiça"? A oração está sem sujeito! Quem estaria ciente? O autor fala num "eles" que deixa as coisas subentendidas, o que vale numa linguagem informal, mas não tem a formalidade requerida pela linguagem da dissertação.

4) Quinto parágrafo: a) seja ou não um erro de digitação, "imobilizar" é exatamente o contrário do que o autor está querendo dizer. b) As escolas não falam para toda a população, nem é a desigualdade em geral o tema da redação.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos