PUBLICIDADE
Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Dezembro/2019 Ciência, tecnologia e superação dos limites humanos

Redação corrigida 720

(In)revolução pós-humana

Inconsistente Erro Correção

No século XVII, Johannes Kepler, astrólogo alemão, considerado figura-chave na revolução tecno-científica tecnocientífica, apresentou teorias que mais tarde serviriam de base para a evolução humana o progresso da humanidade. Hoje, no entanto, a superação dos limites humanos requer cautela, uma vez que o avanço da ciência e da tecnologia já alcançam alcança dimensões incomensuráveis. Nesse sentido, os efeitos gerados por esses mecanismos devem ser analisados de forma sucinta e sólida, sob pena de prejuízos às futuras gerações.

Em uma primeira abordagem, e é importante sinalizar que a revolução transumana remete, a curto prazo, a à solução de problemas do mundo atual. Como resultado do avanço científico no campo da medicina, por exemplo, o tratamento de doenças, bem como a cura do câncer e do vírus HIV da Aids, finalmente deixariam de ser uma realidade distante. Contudo, esse progresso depende da correta utilização dessas tecnologias tecnologias, o que deve, pois, ser fonte de debates entre as potências mundiais, pioneiras no estudo desses instrumentos, e a população.

Além disso, ressalta -se que os altos investimentos em tecnologia científica não se faz presente fazem presentes de maneira isonomia isonômica e proporcional em todas as nações. Por isso, não é razoável que, em um panorama global em que há altos índices de pobreza e miséria em países subdesenvolvidos e emergentes, somente parcela das lideranças políticas e de indivíduos influentes tenham acesso a essas inovações. Dessa forma, é de suma importância que a revolução pós-humana chegue para ambas todas as classes, sob pena de geração de uma sociedade altamente totalitária e seleta, interiorizado os demais indivíduos.

Torna-se evidente, portanto, que a superação dos limites humanos sob o viés tecnológico e científico requer um amplo debate sobre as suas consequências. Assim, e é necessário que o pós-humanismo beneficie os indivíduos como um todo por meio de pesquisas feitas pelos grandes centros laboratoriais na área da engenharia genética, precipuamente, que colaborem para a busca da cura de doenças transmitidas por vírus com o propósito de diminuir os índices de mortes em países pobres. Em adição Adicionalmente, essas pesquisas e a distribuição igualitária dos investimentos devem ser feitos através de fundo fundos arrecadados pela ONU a fim de viabilizar tal processo.

Comentário geral

Texto bom, com problemas pontuais comentados a seguir.

Competências

  • 1) Desde o título, uma tentativa inadequada de falar em involução e revolução ao mesmo tempo, se é que é isso que o autor realmente pensava, a linguagem apresenta deslizes relativamente graves. Todos os trechos assinalados em vermelho são equivocados. O autor não está falando de "mecanismos", "sucinto" significa "breve", a frase do terceiro parágrafo sobre interiorização não faz sentido, e, para finalizar, por que só as doenças virais? E as transmitidas por bactérias, fungos e outros micro-organismos? Sem falar de outras causas...
  • 2) O desenvolvimento é razoável. A introdução deixa a desejar. A menção a Kepler é pura exibição de conhecimento e não está devidamente relacionada ao que está dito no fim do primeiro parágrafo.
  • 3) O autor argumentou em defesa de seu ponto de vista, mas se limitou a interpretar com suas palavras argumentos já expostos na proposta de redação.
  • 4) A redação é coesa e o autor sabe usar bem os recursos coesivos entre os parágrafos e internamente a eles.
  • 5) A conclusão é equívoca. Transumanismo não significa exclusivamente redução do índice de mortalidade em países pobres. O autor desconhece também o papel e a alçada da Organização das Nações Unidas. Era melhor falar em organismos ou instituições internacionais.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 120
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 160
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 720

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.