Insuficiência ética

NOTA 3,5

Jean-Paul Satre disse Sartre disse: "A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota", desse derrota". Desse modo, matar criminosos só aumenta o número de mortos, ao invés mortos. Em vez de solucionar problemas, cria outros, como a incapacidade de ressocialização de presos.

Pode-se mencionar, dados Podem-se mencionar dados do estudo veiculado no jornal de criminologia da universidade de Northwestem (Chicago) que apresenta nos Universidade de Northwestern, em Chicago, segundo os quais em 88,2% dos casos, a criminalidade não foi alterada pela pena de morte, no Brasil, morte. No Brasil, ela não é uma realidade, mas seu apoio houve bastante aumento aumentou muito, contrariando a ideologia ética a ética.

A maior motivação para aprovação, são a aprovação são os índices de criminalidade, entretanto, criminalidade. Entretanto, acabar com a vida de uma pessoa por causa de um erro é injusto, além de que a prisão já é uma medida de reeducação e penalidade.

Por fim, as pessoas pede-se a utilização de métodos humanitários ao questionarem tal assunto, a criminalidade deve ser reduzida por meios de integração a sociedade de indivíduos marginalizados e sugere-se ao Ministério da Segurança leis mais eficazes. Por fim, pede-se que as pessoas se baseiem em princípios humanitários ao questionar tal assunto. A criminalidade deve ser reduzida por meio da integração dos marginalizados à sociedade. Sugere-se também a criação de leis mais eficazes.

Comentário geral

Texto fraco. O autor parece acreditar que a citação de Sartre e a menção a uma pesquisa de uma Universidade norte-americana são suficientes para fundamentar sua argumentação, dando-lhe indiscutível credibilidade e impressionando o leitor. Na verdade, não é assim. É preciso contextualizar essas menções, relacionar seu contexto com o contexto brasileiro e atual, para verificar se elas se aplicam ou não aqui e agora. De resto, o texto não tem uma introdução, tem uma conclusão abrupta no penúltimo parágrafo, bem como um pedido e uma sugestão no parágrafo final, que são quase um arremedo de uma proposta de intervenção. É uma pena, mas seria muito difícil aumentar a nota de um texto como esse.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: Sartre foi um grande filósofo, mas isso não torna sua opinião um decreto ou a mais absoluta verdade contra os quais não se pode recorrer. Da opinião de Sartre, não decorre necessariamente que a pena de morte só sirva para aumentar o número de mortos. Isso é uma inferência do autor. De resto, ninguém está propondo a pena de morte para qualquer tipo de crime, como o furto ou o atentado ao pudor. Além disso, claro, quem sofre a pena de morte não pode ser ressocializado, ao menos neste mundo...

2) Segundo parágrafo: a) a Constituição brasileira em vigor prevê a pena de morte em caso de guerra. b) Por que a pena de morte contraria a ética? Era isso que o autor deveria explicar.

3) Terceiro parágrafo: não se trata de erro, mas de crimes graves ou hediondos. Não se está discutindo a pena de morte para o motorista que entrou na contramão. De resto, óbvio que a prisão é uma penalidade: ela não poderia ser um prêmio. Prisão como medida de reeducação? Aparentemente, o autor desconhece completamente a realidade do sistema penitenciário brasileiro.

4) Quarto parágrafo: a quem o autor faz seu pedido? A todos os brasileiros? Essa redação seria transmitida em cadeia nacional de televisão, para ter tamanho alcance? Ministérios não criam leis. Esse papel é do Congresso. Garantir a eficácia das leis depende de muitos fatores, como a capacidade de fiscalização e de repressão dos governos municipais, estaduais e federal.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 3,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos