Internet: solução ou problema?

NOTA 3,5

As armadilhas que podem ser encontradas na internet é são uma situação bastante recorrente e, que recorrente, que vem deixando os pais sempre alertas para com os seus filhos. Um dos motivos para essa situação é a ausência de vigilância dos responsáveis, tendo como consequência o aumento do número de crimes praticados contra esses adolescentes

As inúmeras atividades e compromissos exercidos pelos pais acarretam naa omissão dos mesmos, com os seus respectivos dependentes omissão em relação a seus dependentes. O acompanhamento na base do diálogo, averiguações e perguntas são fundamentais para a construção da confiança entre ambos, como também, elementos facilitadores para o conhecimento de possíveis comportamentos adversos.

Recentemente, um jogo conhecido como baleia azul, Baleia Azul demonstrou o quanto os pais deixam os seus filhos sem vigilância. Um grupo de criminosos, que se aproveitava de adolescentes propícios à depressão depressivos, propunham propunha desafios que lhe lhes custavam à a vida. Muitos pais só ficavam sabendo do ocorrido, quando os seus filhos já estavam mortos. Isso demonstra o afastamento de pais e filhos, sendo esse, tendo, como função principal de condutor e aconselhador.

É de suma importância a estreita relação uma relação de confiança entre o adolescentes e os seus pais. As limitações, dos responsáveis, para com certos tipos de site, como bloqueio, ajuda no controle dos mesmos com os seus dependentes, trazendo segurança e tranquilidade para ambos pais, que devem estabelecer limites e controlar seus dependentes, mantendo-os seguros. O cuidado, não é invasão de privacidade, é característica de quem zela pelo bem estar bem-estar da família.

Comentário geral

Texto fraco. Nota-se que o autor entendeu o tema, mas, em vez de centralizar nele sua redação, parece mais focado na relação entre pais e filhos, apontando a omissão dos pais como parte integrante do problema e, como solução, o diálogo e atenção deles para com seus filhos. Para piorar, ele começa o texto com uma contradição acerca desse relacionamento, para depois repetir nos outros parágrafos que é o cuidado e a atenção dos pais que pode salvar os filhos do perigo do mundo digital. Ou seja, ele não segue uma linha de raciocínio, mas repete sua ideia-chave a cada parágrafo até chegar à conclusão. O parágrafo final, aliás, é o que há de melhor no texto. Em termos de linguagem, o autor se expressa mal, de modo confuso e seu discurso está no limite entre a informalidade e a norma culta.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: é uma contradição dizer que os pais estão alertas, mas ausentes. É um contrassenso estar alerta para uma situação da qual se está ausente.

2) Segundo parágrafo: a primeira declaração explica o motivo da ausência dos pais. A segunda fala sobre a necessidade de diálogo e compreensão para evitar comportamentos adversos. Como conciliar a ausência inevitável com a presença vigilante dos pais? O autor não diz, o que torna as duas declarações independentes uma da outra. Não existe coesão no parágrafo.

3) Terceiro parágrafo: a) é verdade que essa loucura dos desafios da Baleia Azul até pode confirmar a falta de vigilância dos pais, mas isso já foi apontado nos dois parágrafos anteriores, de modo que, apesar do exemplo concreto, o autor continua martelando a mesma tecla. b) Além da redundância, o parágrafo termina de modo agramatical, pela sintaxe truncada.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 3,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos