Internet: um abismo virtual

NOTA 3,0

A Terceira Revolução Industrial, proporcionou Industrial proporcionou o desenvolvimento e o aprimoramento das tecnologias de informação, criando inúmeras ferramentas que alciliam auxiliam no dia-a-dia dia a dia, como a Internet. No entanto entanto, essa mobilidade facilita a exposição de conteúdos inapropriados para crianças e adolescentes, além de ser um ótimo caminho para o chamado cyberbully cyberbullying.

Apesar dos vários pontos positivos que esse mundo virtual nos possibilita oferece, a intensa exposição e insegurança levam os menores de idade a terem acesso a conteúdos via adulto ou pornográficos pornográficos, consequentemente acabam criando uma ideologia distorcida do sexo, tornam-se violentos e podem até ocasionarem abusos sexuais.

Acrescido a isso e através de redes sociais como, facebook, twitter, instagram etc como Facebook, Twitter, Instagram etc. , um possível agressor estabiliza e inicia sua "diversão", fazendo críticas, ofensas e publicações de fotos ou vídeos que invadem a privacidade de outrem pertubando outrem, perturbando a vida da vítima e levando-a a ter problemas piscológicos e pensamentos suícidas suicidas.

A Internet é um verdadeiro abismo virtual, por virtual. Por isso, cabe principalmente aos pais fiscalizarem e por e, por meio de aplicativos, capazes aplicativos capazes de privatizar páginas com conteúdos impróprios, colocarem limites em seus filhos, impedindo que esse mal se prolifere mal prolifere.

Comentário geral

Texto fraco. Em termos de conteúdo é superficial e confuso, limitando-se a constatar que a internet tem pontos positivos e negativos, para depois, contraditoriamente, acusá-la de ser um abismo virtual, o que não parece ter nada de positivo. No que se refere à estrutura, não chega a ser um texto argumentativo, porque as premissas não conduzem à conclusão de que a internet é um abismo e que só os pais podem evitar que os filhos nele caiam. Em termos de linguagem, há erros graves de gramática, além de trechos que não fazem sentido, seja pela escolha do vocabulário, seja pela sintaxe truncada.

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a) a grafia usada em auxilia denota problema de alfabetização. b) que mobilidade? O autor não tinha feito nenhuma referência ao caráter móvel das tecnologias de informação e não é, de fato, a mobilidade que facilita apresentar conteúdos inadequados ou praticar bullying.

2) Segundo parágrafo: a frase em vermelho não obedece a sintaxe do português e apresenta equívocos conceituais como falar em ideologia distorcida do sexo, quando o que o autor quer dizer é simplesmente ideia distorcida do sexo.

3) Terceiro parágrafo: o que o autor entende por estabiliza? Talvez, ele quisesse dizer estabelece.

4) Quarto parágrafo: outro equívoco vocabular grave. Não se trata absolutamente de privatização.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 3,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos