Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez



REDAÇÕES CORRIGIDAS - Dezembro/1969 O Brasil e os imigrantes no mundo contemporâneo

Redação corrigida 120

O Brasil e a questão imigratória

Erro Alteração Correção

É indubitável que à a polêmica acerca de imigrantes no Brasil vêm vem crescendo majoritariamente, em sua maioria imigram por diversas causas, em consequência de crises políticas, governos ditatoriais, catástrofes naturais, condições humanas precárias em seus países de origem, mas, acima de tudo, buscando melhores condições de vida e trabalho.

Como supracitados anteriormente, eles buscam melhores condições de vida, sendo assim, torna-se necessário desvencilhar-se da visão preconceituosa que tanto nos assola, uma vez que, os que os brasileiros ainda na atualidade são contra a entrada de imigrantes por um medo descomunal do roubo acerca roubo de seus ofícios, é de grande relevância lembrar que nosso país foi constituído de emigrantes portugueses, holandeses imigrantes portugueses e holandeses, entre outros, causando grande miscigenação e diversos valores em todo o Brasil. Por fim, é preciso que o governo hodierno adote políticas positivas acerca dessa conjuntura, auxiliando esses povos e garantindo a segurança dos mesmos.

Comentário geral

Infelizmente, tirando a compreensão parcial do tema, nada mais se salva no texto. O autor tem um domínio precário da escrita, que prejudica a exposição de suas ideias, bastante confusas e superficiais.

Competências

• 1) Infelizmente, o uso do idioma é precário. O autor não domina o vocabulário, a pontuação, nem a sintaxe da língua portuguesa. O resultado é que o leitor é capaz de depreender algumas ideias no texto, mas praticamente lançadas a esmo, sem a devida organização.

• 2) Há alguma compreensão da proposta, uma compreensão superficial. Por outro lado, não existe uma estrutura dissertativa argumentativa de fato. Quando muito, em esboço disso.

• 3) Os argumentos começam de modo redundante e banal: os imigrantes fogem de uma vida ruim (ditaduras, crises e catástrofes), “acima de tudo” em busca de uma vida melhor. Por certo, eles não viriam atrás de uma vida pior. O autor continua de modo confuso, passando a falar dos brasileiros que, segundo ele, são contra a entrada de imigrantes. Há uma diferença entre uma medida do Governo e um suposto preconceito da população, do qual o autor não apresenta provas. Medo do “roubo de ofícios” também é um argumento muito mal desenvolvido, assim como a questão da “imigração” histórica de “portugueses e holandeses”.

• 4) Infelizmente, o autor não consegue produzir um texto organizado e coeso, o que é o ponto principal da competência 4.

• 5) A sugestão de intervenção, misturada com a argumentação num mesmo parágrafo, é vaga: o que significa, concretamente, “políticas positivas”? Quanto à questão da segurança, bem, o governo mal consegue garantir a segurança dos brasileiros, por que ele haveria de priorizar a segurança dos imigrantes?

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 20
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 20
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 120

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.