Obrigação Social

NOTA 2,5

É possível afirmar que, a que a filantropia é uma atitude a ser seguida por todos os bilionários, milionários, e também aquele capaz de contribuir por aqueles capazes de contribuirem com seu trabalho em ações sociais. A riqueza está concentrada nas mãos de uma quantidade insignificante de pessoas. Dessa forma, tanto as empresas, quanto pessoas físicas têm o dever de contribuir para sociedade.

Relativo às empresas o brasil Relativamente às empresas, o Brasil tem como exemplos os donos da construtora Cyrela Cyrela, que se comprometeram a doar parte significante do patrimônio a à filantropia, assim como já existem no mundo trabalhando nas causas sociais os bilionários Bill Gates e Warren Buffet. É esperado Espera-se que cada vez mais pessoas passem a contribuir com suas fortunas em Organizações com organizações não governamentais. Já existe existem no país ações voltadas a desenvolver profissionais capacitados a criar projetos de responsabilidade social, podendo assim chegar aos agentes detentores da maior parte dos recursos financeiros (governo, empresários, bancos) e consequentemente terem seus projetos financiados.

Somado a isso, podem também as pessoas físicas com a tecnologia através da internet, contribuir ativamente com doações para causas que visão visam a execução de projetos de igualdade social e distribuição de renda como um todo, também podem atuar nas ONGs contribuindo não só com a ajuda financeira mas também com uma palavra ou um gesto solidário, nesse sentido o papel das famílias é primordial para que os pais passem a seus filhos a cultura de ajudar ao próximo e se torne realmente um cidadão ativo socialmente.

Assim, portanto, com participação da sociedade lutando em projetos sociais conseguiram junto as às empresas, governo, milionários, obter os recursos necessários a promover o fim da desigualdade social existente no mundo, estabelecendo uma cultura de ajuda comunitária, oferecendo as novas gerações um universo mais humano e com qualidade de vida a todos.

Comentário geral

Texto fraco. Além de mal escrito, tem problemas de conteúdo que se devem tanto a uma compreensão insuficiente do tema, quanto por confusões conceituais. Assim, o autor não consegue expor com objetividade e clareza seu ponto de vista e menos ainda defendê-lo com uma argumentação sólida e adequada. 

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: a) Ninguém está questionando se é ou não possível afirmar que a filantropia é um exemplo a ser seguido. Então, por que começar com esse É possível? O texto deveria começar assim: A filantropia é uma atitude a ser seguida por todos. b) De resto, o parágrafo que deveria introduzir o tema se compõe de afirmações avulsas. O autor não as relaciona de modo a que as duas últimas sejam uma justificação para a primeira.

2) Segundo parágrafo: a) o autor não entendeu os fatos apresentados na proposta. Não foi a empresa que doou seu patrimônio, foram os donos da empresa que doaram seu patrimônio pessoal. b) Como isso se relaciona com o fato de Bill Gates e Warren Buffett já existirem. Não se trata de afirmar a existência dos dois, mas sim de mostrar que o seu exemplo foi seguido. c) Sim, já existem ONGs no Brasil capacitadas a receber doações, mas a questão não é essa. A questão é fomentar o surgimento de grandes doadores. d) Governo não faz filantropia. Banqueiros também são empresários. A enumeração que o autor apresenta entre parênteses é equivocada.

3) Terceiro parágrafo: ao chegar aqui, aparentemente, o autor cansou e perdeu de vista o caráter lógico e sintático de suas declarações. Produziu um parágrafo muito confuso, tentando falar de muitas coisas ao mesmo tempo e perdeu o foco, deixando de lado a filantropia no sentido estrito do termo.

4) Quarto parágrafo: mais confusão, perda de foco, equívocos conceituais, problemas sintáticos. Não atende corretamente aos requisitos da competência 5.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,5
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos