Os alimentos transgênicos são alimentos geneticamente modificados

NOTA 2,0

Os alimentos transgênicos são alimentos geneticamente modificados. Por meio dessa técnica nos produtos, são genes de organismos diferentes em uma espécie.

O simbolo símbolo do triângulo amarelo é indispensável em todas as embalagens de comestíveis. De modo que alerte ao consumidor para o componente modificado geneticamente inserido nos alimentos para que o comprador tenha conhecimento do produto consumido.

Esses alimentos transgênicos ajudam o meio ambiente, visto que eles crescem mais rápido e também em espaços menores. Sendo assim assim, a comida chegará mais rápido aos supermercados para suprir a demanda populacional da população.

Em consequência disso, nota-se que os pequenos agricultores agricultores, tendo como mão de obra, essêncialmente essencialmente, o núcleo familiar familiar, perdem a safra para o dono de produção da agricultura moderna.

Desse modo, percebe- se que os alimentos transgênicos são geneticamente modificados com o intuido intuito de demandar maiores vendas nas mercearias.

Portanto, a Agência Nacional de Vigilância sanitária Sanitária (Anvisa) deve reivindicar ao governo brasileiro que cancele a lei criada pelo Senado Federal (número trinta e quatro) , a fim de informar ao consumidor sobre a presença de componentes transgênicos, para que os consumidores tenham consciência do produto comprado e consumido por eles.

Comentário geral

Texto muito fraco, em que o autor  faz declarações desencontradas e banais acerca dos transgênicos, sem cumprir a exigência da proposta de escrever uma carta a um senador. O texto também é confuso e contraditório, sem falar na grande quantidade de erros pontuais graves.

Aspectos pontuais

1) Primeiro parágrafo: As duas primeiras declarações, que visam explicar o que são os transgênicos são confusas e, por mal redigidas, são também imprecisas.

2) Segundo parágrafo: além de erros de sintaxe e pontuação, há equívocos conceituais que tornam o parágrafo vago e impreciso.

3) Quarto parágrafo: aqui o autor muda completamente de assunto, passando a falar sobre a agricultura familiar em oposição aos grandes produtores. O trecho é contraditório com o parágrafo anterior, onde o autor apresentava aspectos positivos dos transgênicos, que aqui ele mostra como negativos.

4) Quinto parágrafo: depois de definir mais uma vez os transgênicos (redundância) o autor tenta dizer que eles foram criados para tornar a grande agricultura mais lucrativa, mas faz isso de modo equivocado, com uma referência anacrônica a mercearias.

5) Sexto parágrafo: mais uma sucessão de equívocos, seja sobre o papel da Anvisa, seja sobre a lei já ter sido criada (o que não aconteceu), seja sobre a informação servir apenas para o consumidor ter consciência de estar comendo produtos transgênicos.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 0,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 0,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0,5
Nota final 2,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos