Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Março/2019 Cantar ou não cantar o hino nacional? Eis a questão...

Redação corrigida 960

Paz no futuro e glória no passado

Inconsistente Erro Correção

No Brasil contemporâneo contemporâneo, em que o cenário contempla acaloradas discussões políticas, emerge a questão sobre cantar o Hino Nacional Brasileiro nas escolas. O assunto veio à tona novamente após um e-mail do Ministro da Educação, propondo que alunos e professores de escolas retomem essa prática. Cantar o Hino Nacional em escolas está previsto em leis que remontam desde a à Era Vargas, na década de 30, até uma recente lei publicada durante o governo do ex-presidente Lula.

O Hino Nacional Brasileiro é um dos símbolos da República Federativa do Brasil, junto ao lado da bandeira, das armas e dos selos nacionais, entoá-lo nacionais. Entoá-lo é prestar uma reverência à própria nação e sua história e também reverberar o espirito patriota uma demonstração de patriotismo. É um ato de valorização histórico-cultural, porque nos remete ao episódio da independência, da força do povo brasileiro que conquista a liberdade com braço forte, da dimensão colossal de nosso país, das maravilhas naturais e do quão acolhedora é nossa "mãe gentil", a pátria brasileira. Sendo essas as mensagens contidas na letra do Hino Nacional, melhor lugar não há para ser cantado do que nas escolas, onde há a concentração de pessoas em formação.

Em que pese a tendência por movimentos cívicos seja característica do militarismo, estimular os alunos à prática desses atos não é uma tentativa de remontar a à ditadura militar, mas exaltar o Brasil como nação por meio de suas próprias marcas: Sua sua história, sua grandeza, a luta do seu povo e a beleza de uma nação grandiosamente bondosa e acolhedora. É ensinar o quanto devemos amar nosso país, nosso próprio povo e a história dele, lutando para que aqui seja um lugar cada dia melhor, começando justamente com as pelas bases: Nossos nossos estudantes.

Entoamos Entoemos não apenas o Hino Nacional como também o Hino da República, que conclama a liberdade e que essa abra suas asas sobre nós. Cantemos também o Hino da Independência que cintila se destacam versos como "brava gente brasileira" e que "do universo entre as nações/resplandece a do Brasil", dentre outras canções deste segmento que, sobretudo, exaltam a beleza e exuberância do povo, da nação, da terra, da pátria brasileira. Reavivar essa prática é marcar nos estudantes o quão nobre é nossa nação e com essa consciência, formar pessoas orgulhosas pela do própria história e confiantes o suficiente para construir a "paz no futuro" com a "glória no passado".

Comentário geral

Texto muito bom, independentemente de se concordar com as ideias do autor, que beiram o ufanismo. O fato é que ele tomou uma posição diante do tema e apresentou argumentos para defendê-la, em linguagem clara e formal, além de, na conclusão, saber utilizar elementos do próprio hino nacional para concluir seu texto com uma espécie de "chave de ouro".

Competências

  • 1) O texto é bom em termos de linguagem. Há erros gramaticais de pouca gravidade, mas há alguns excessos no uso de linguagem figurada, como "reverberar o espírito patriota", "hino que cintila 'Brava gente brasileira'", que ferem a objetividade que um texto dissertativo deve ter. Há também a inadequada expressão "outras canções desse segmento", uma vez que não se trata propriamente de um "segmento de canções", mas de hinos.
  • 2) O autor certamente compreendeu o tema e dissertou sobre ele, preenchendo todos os requisitos dessa competência.
  • 3) A argumentação é válida: o autor dá as razões de porque acha importante se cantar o hino nacional na escola, pelo fato de ele enaltecer nossa pátria, nossa história, nosso povo, etc. se prestando, portanto, para estimular o patriotismo nos cidadãos. O único argumento inconsistente é apresentar a escola como o ambiente por excelência para cantar o hino por haver a "concentração de pessoas em formação". Se fosse assim, até filas em pontos de ônibus seriam locais adequados para o canto do hino nacional...
  • 4) Todos os parágrafos estão bem conectados, formando um conjunto ou um todo que tem as características essenciais de uma dissertação argumentativa.
  • 5) Apesar do exagero de sugerir que todos os hinos do país devriam ser cantados, a proposta é coerente com o tom da redação.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 200
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 200
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 200
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 200
Nota final 960

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.