Podemos perceber que a sociedade brasileira

NOTA 4,5

Podemos perceber que a sociedade brasileira enfrenta um grave problema no que diz respeito a à valorização do professor, visto que países com IDH (índice de desenvolvimento humano) elevado atribuem grande importância a esse tipo de profissional. É Portanto, é necessário que o docente seja valorizado também no Brasil.

Frequentemente professores, especialmente de escolas públicas, são agredidos dentro de em seu ambiente de trabalho. Segundo a OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), a República Federativa do Brasil atingiu a marca de 12.5% no que se refere a à violência contra o magistério professor, a maior porcentagem do mundo.

Desde o século VIII, mais precisamente na sociedade romana, a figura do docente revela-se extremamente importante. Patrícios solicitavam que seus filhos fossem educados pelos gregos antigos. Convém lembrar ainda que países com o maior número de prêmios Nobel, como os Estados Unidos e o Reino Unido, consideram o professor como peça fundamental de seus sistemas educacionais.

Desse modo, é necessário que o governo proporcione valorização ao professor professor, fornecendo maiores subsídios salariais oferecendo melhores salários, bem como, um como um canal de fácil acesso para um feedback de como está feedback sobre o processo educacional; a mídia também deve promover campanhas de conscientização sobre a importância do docente e a sociedade deve participar ativamente sobre o do desenvolvimento de um determinado cidadão atentando-se cidadão, atentando ao que o magistério tem a dizer.

Comentário geral

Texto razoável, embora comece mal e faça uma citação histórica completamente incorreta para fundamentar seus raciocínios. De qualquer modo, o autor consegue comunicar suas ideias: países desenvolvidos, tanto do mundo antigo quanto do moderno, sempre valorizaram os professores, advindo desse mesmo fato o seu desenvolvimento. Portanto, o autor conclui que o governo brasileiro (por que só o governo?) precisa valorizar o professor com ações financeiras, mas não só nesse âmbito. A sugestão das campanhas na mídia é uma sugestão lugar-comum: 99% das redações fazem a mesma proposta, independentemente do problema a se solucionar. Quanto à participação da sociedade no processo, o autor não consegue transmitir o que ele tem em mente. Por fim, o texto não tinha título. Para identificá-lo, usamos suas primeiras palavras.

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: não é absolutamente devido ao fato de os países desenvolvidos mostrarem apreço ao professor que percebemos que o Brasil não valoriza o professor. Percebe-se isso olhando para a própria situação brasileira, veja-se o caso da professora de Santa Catarina. De resto, não dá para dizer que o IDH é o índice mais adequado para se analisar a situação do professor.

 

2) Segundo parágrafo: As agressões são contra os professores, os indivíduos, não contra o magistério, a categoria considerada abstratamente.

 

3) Terceiro parágrafo: No século VIII d.C. só existia o Império Romano do Oriente. O primeiro Império romano, cujo início data do século I d.C., já não existia mais e a Europa Ocidental estava na Idade Média. Patrícios romanos não solicitavam gregos antigos, mas sim gregos que lhes eram contemporâneos. E grande parte desses professores gregos eram escravos.

 

4) Quarto parágrafo: como a sociedade pode se dedicar ativamente ao desenvolvimento de que determinado cidadão, orientando-se pelo magistério? O que isso quer dizer? O leitor fica boiando diante de uma declaração dessas.

 

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 4,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos