Por que os jovens querem deixar o Brasil?

NOTA 5,0

Sempre se ouviu dizer que o Brasil é um país privilegiado, onde não há guerras como no oriente Oriente médio, não há grandes desastres naturais como os terremotos do Japão, os furacões dos EUA, os tsunamis da Indonésia, além disso, aqui, tudo que se planta, brota planta brota, enfim, trata-se de um país com riquezas, belezas e grandes possibilidades. No entanto, as pessoas estão indo embora do Brasil, em especial os jovens. Desesperança ou supervalorização do exterior, coragem ou covardia?

O Brasil passa por um momento muito crítico, onde em que uma crise político-econômica assola o país. O elevado número de desempregados, o sucateamento da saúde, a educação pública totalmente falida – uma educação particular caríssima, acessível somente para a elite – além da criminalidade cada vez mais agressiva, fazem tudo isso faz com que as pessoas abram mão de seus amigos, de seus familiares para buscarem uma vida longe daqui.

Os jovens, em especial, não conseguem vislumbrar um futuro promissor no país. Não terão uma educação de qualidade, consequentemente não terão um trabalho que lhe trarão trará satisfação e prosperidade. Ademais, ainda existe o risco e o temor de serem alcançados pela violência, que no Brasil não se trata de mera ficção, e ficção e, sim, de um perigo real. Isto Isso tudo torna crível explicável o desejo de ir embora do país.

No entanto, achar que o "mundo exterior" o exterior é perfeito, que não tem suas mazelas, que os emigrantes não irão sofrer tanto (ou até mais que aqui) é ingenuidade ou no mínimo "fechar os olhos" para os "problemas de lá". Isso porque discriminação, clima, dificuldades com a língua, saudades de casa, subemprego, dentre outros, irão fazer os brasileiros emigrantes pensarem e pesarem melhor a sua decisão.

É importante ressaltar que conhecer outras culturas, outros lugares, conviver com pessoas de nacionalidades diversas, falar fluentemente línguas diferentes do português, ter a possibilidade de estudar e trabalhar no exterior, tudo isso é enriquecedor e sem sombra de dúvidas, afetarão afetará positivamente a vida das pessoas.

Destarte Dessarte, resta aos brasileiros (em especial aos jovens) a decisão de ficar e lutar para mudar este país, apesar da atual falta de esperança, ou buscar outras possibilidades em "terras distantes", ou seja, ficarem e fazerem a diferença, ou, irem embora e, talvez, voltarem no dia em que as coisas melhorarem por aqui, ou ainda, irem e criarem novas raízes em outro lugar, restando a estes esses últimos, a lembrança de "um país bonito por natureza", mas infértil para o crescimento pessoal.

Comentário geral

Apesar de bem escrito, a estrutura e o conteúdo do texto são muito problemáticos. Os três primeiros parágrafos apontam numa direção, os três últimos mudam o foco e a redação termina não só de um modo inconclusivo, apenas tangencial à proposta. É como se o autor fizesse digressões sobre o tema, sem expor por completo a posição que tem em relação a ele. Pelo contrário, fica em cima do muro, apenas apresentando fatos, para concluir com uma obviedade: ficar no país ou abandoná-lo é uma decisão pessoal do jovem.

Aspectos pontuais

1) Segundo parágrafo: o sujeito de "fazem" eram muitas orações, sem falar numa intercalação entre elas. Quando isso ocorre, é conveniente usar "tudo" e usar o verbo no singular para esclarecer que tudo o que foi dito antes tem papel de sujeito da oração principal.

2) Quarto parágrafo: essas aspas são totalmente desnecessárias e servem para confundir o leitor, que se pergunta que diferença de significado elas estariam indicando nas expressões que acompanham.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,5
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 5,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos