Topo

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Janeiro/2019 O Brasil e os imigrantes no mundo contemporâneo

Redação corrigida 480

Por que sair do acordo de migração da ONU é um erro?

Inconsistente Erro Correção

No Brasil contemporâneo vivenciamos o impacto da imigração de venezuelanos por meio da fronteira entre Brasil, no estado de Roraima, e Venezuela o Brasil e a Venezuela, no estado de Roraima. O êxodo venezuelano tem se desdobrado em discussões, debates, medidas governamentais de gerenciamento dos imigrantes e, finalmente, a medida mais drástica, a ameaça de retirada do Brasil do Pacto Mundial para Migração pelo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

A questão de frente é a crise nos países de origem dos imigrantes imigrantes, gerada por governos corruptos, ditatoriais, guerras, conflitos internos e crise econômica econômica, além da falta de desenvolvimento na educação, carência educação e carência de estruturas básicas de saneamento entre outros déficits. Já a questão de fundo, ofuscada pelo medo e desinformação, é a situação de imigrantes e refugiados que ficam à margem da sociedade e se sustentam apenas na esperança de sobreviverem em um país com condições diversas do seu país de origem.

A retirada do Brasil do Pacto Mundial Global para Migração é um erro, é a negação do estado de direito daqueles que se socorrem em nossa nação, pois o contexto da Constituição de 1988 assevera que somos uma nação solidária e que em nossas relações internacionais prevalecerão os direitos humanos e a cooperação entre os povos para o progresso da humanidade, o que significa que a saída do Brasil desse acordo é a negação da própria Constituição Federal, a carta inaugural da República Federativa Brasileira do Brasil.

O Brasil é um país emergente, uma nação em ascensão ascensão, com plenas condições de acolher imigrantes, sua imigrantes. Sua acolhida significa, além de progresso, também o desenvolvimento e uma demonstração de prevalência dos direitos humanos com o absoluto respeito a à dignidade da pessoa humana.

Comentário geral

Texto fraco. Apesar de sua qualidade em termos de linguagem, é problemático no âmbito de estrutura e conteúdo. O problema maior se encontra no parágrafo final que, infelizmente, não ultrapassa a nota mínima.

Competências

• 1) Sob o ponto de vista da linguagem, o texto merece sua melhor pontuação, pois é escrito em linguagem formal e há poucos erros gramaticais. Os trechos assinalados em vermelho não estão relacionados a esta competência.

• 2) O autor compreendeu o tema, mas não desenvolveu um texto dissertativo argumentativo. Não há um raciocínio lógico que persiga uma linha que una o parágrafo introdutório à conclusão. Há apenas divagações sobre o tema.

• 3) A argumentação se concentra no terceiro e no quarto parágrafos e deixa bastante a desejar, começando pelo equívoco conceitual sobre o que significa a expressão “estado de direito”. Dizer que o Brasil nega sua Constituição ao deixar o acordo é um argumento compreensível, partindo de um estudante do Ensino Médio. Do ponto de vista do Direito Constitucional, entretanto, não tem um fundamento sólido. Além disso, a Constituição de 1988 não “inaugurou” o Brasil, que já tinha sido “inaugurado, em 1822, por dom Pedro I. Por fim, tudo que é dito no parágrafo final são afirmações sem as devidas justificativas factuais.

• 4) O texto não é coeso. Compõe-se de afirmações isoladas sobre o tema. O ponto de vista do autor não é devidamente apresentado no parágrafo introdutório, o que só vai acontecer no início do terceiro parágrafo. Os dois parágrafos anteriores são uma simples exposição de fatos relacionados ao tema e não cumprem a função que deveriam.

• 5) O último parágrafo não cumpre os requisitos da competência 5 e é, na verdade, um prolongamento da argumentação, de caráter muito pouco conclusivo. É uma conclusão na medida em que o autor afirma peremptoriamente seu ponto de vista, mas não do ponto de vista lógico, quando conclusão deveria ser uma consequência das premissas apresentadas anteriormente.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 160
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 120
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 120
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 0
Nota final 480

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.