Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Fevereiro/2019 Posse de armas: mais segurança ou mais perigo?

Redação corrigida 340

Posse de educação

Inconsistente Erro Correção

Tema muito discutido atualmente, e atualmente e que teve grande influência nas eleições de 2018. A posse de arma vem gerando debates polêmicos e dividindo o país entre prós e contras, mas não é uma questão tão simples como aparenta ser. O projeto de lei jà decretado O decreto já baixado flexibiliza algumas exigências para a posse de armas de calibre irrestrito. O que em tese aumentaria a segurança, mas e é inegável que teriamos teríamos um aumento significativo na taxa de homicídios, será homicídios. Será que na sociedade em que vivemos hoje estamos devidamente preparados para o uso de armas de fogo. fogo?

Esse armamento da população também vai contra a ideia de que a violência não é a melhor opção. E que através da educação encontraremos o caminho da paz.

Portanto Portanto, uma solução eficiente seria, a seria a implantação de projetos educacionais para crianças e jovens em comunidades e áreas com alto índice de criminalidade, por parte do ministério da educação e projetos socias Ministério da Educação e projetos sociais. E para um combate ao crime organizado, mais investimento em forças policiais e políticas públicas de inserção de reeducandos na sociedade por parte do governo e empresas. Por que como Porque, como disse Nelson Mandela, a educação e é a arma mais poderosa pra para se mudar o mundo.

Comentário geral

Texto insuficiente, por não ser uma dissertação argumentativa, senão de modo muito embrionário.

Competências

• 1) Infelizmente, o autor não escreve muito mal, com frases telegráficas ou ambíguas (veja-se a frase que inicia o primeiro parágrafo ou o segundo parágrafo inteiro), inadequações vocabulares (“debates polêmicos” e “armas de calibre irrestrito”) e afirmações contraditórias (se a posse de armas é “polêmica”, como ela pode parecer uma questão “simples”?).

• 2) Há uma compreensão superficial do tema e inexiste uma argumentação em defesa de um ponto de vista. Apenas a opinião que a educação é melhor do que as armas, exposta no segundo parágrafo e sem nenhum desenvolvimento.

• 3) Formalmente, não há argumentação. Até se depreende o que o autor tem em mente quando dá sua opinião, mas ele não sabe fundamentar o que diz.

• 4) Fora o “portanto” no último parágrafo, a coesão falta completamente ao texto. Predomina a justaposição de frases muitas vezes telegráficas.

• 5) A conclusão mais parece um desenvolvimento do parágrafo anterior. Mesmo assim, a ideia de que a educação pode terminar com a violência é genérica e muito discutível em termos práticos e específicos. Tanto que o próprio autor logo se refere à necessidade de reforços policiais.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 80
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 80
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 20
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 80
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 80
Nota final 340

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.