Prezado redator do UOL,

NOTA 7,5

Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 10 de agosto de 2017

Prezado redator do UOL,

Venho Venho, por meio desta carta, informar-lhe sobre um agravante à grave problema da sociedade brasileira causada devido sua péssima argumentação brasileira, causada por sua péssima habilidade de argumentar diante de uma divergência de opinião. Quero ressaltar a importância de compreender e respeitar um ponto de vista diferente do seu e ajudá-lo lidar com as críticas críticas, sabendo interpretá-las de forma construtiva.

Devido o ao brasileiro ter o hábito de apoiar somente o que acha relevante, não levando em consideração outras hipóteses como plausíveis, a intolerância com o próximo está cada vez mais alarmante. Pode-se dizer, que dizer que isso ocorre devido à sua falta de informação sobre determinado assunto, limitando-se através de fontes duvidosas.

Segundo Walter Carnielli, o brasileiro não sabe diferenciar discussão de briga, do mesmo modo que não consegue aceitar as críticas críticas. Algo preocupante, visto que discutir é relacionar opiniões e trocar conhecimento onde possa conhecimentos para encontrar soluções viáveis ao problema para quaiquer tipo de problemas.

É necessário buscar compreender diferentes opiniões opiniões, de modo que te isso o faça crescer intelectualmente, aderindo adquirindo novos conhecimentos à para sua base argumentativa se torna tornar mais coerente e racional. Lide com as críticas de forma passiva pacífica, busque sempre melhorar com seus erros, o julgamento de maneira construtiva. Cabe ressaltar que, quando você for expor suas ideias a alguém, a princípio se coloque coloque-se desde o início no lugar dela dele, tente avisa-la do erro tente avisá-lo de seus erros com eufemismos, com palavras sutis delicadas, de forma que esta ele não se sinta agredida ou menosprezada agredido ou menosprezado.

Espero que esta carta tenha alcançado seu objetivo; objetivo: esclarecer a vosso leitor qual a melhor forma de debater novas concepções com argumentações concretas e respeito ao próximo.

Atenciosamente,

Uma desconhecida

 

Comentário geral

 

Texto bom, em especial na medida em que o autor compreendeu a proposta da redação, desenvolvendo uma carta de teor argumentativo sobre a argumentação. Infelizmente, em termos de linguagem, o texto deixa muito a desejar, seja por causa dos erros gramaticais (em especial os de concordância), seja por haver trechos confusos, ambíguos ou equivocados. Em termos de conteúdo, o texto também deixa um pouco a desejar, devido ao modo ingênuo, imaturo, com que são encarados os conceitos básicos de nosso tema. De qualquer forma, o conjunto se salva e o texto merece uma boa avaliação.

 

Aspectos pontuais

 

1) Primeiro parágrafo: a autora diz que o problema está na sociedade brasileira (feminino). Depois, fala em ponto de vista diferente do seu e em ajudá-lo (masculino), com o que parece dizer que o problema é do redator do UOL a quem a carta se dirige. Afinal, quem tem o problema e aquém a carta quer ajudar: a sociedade ou o redator? Do jeito que está no texto, o leitor não tem como saber.

2) Segundo parágrafo: a) a autora se expressa mal no trecho em vermelho. Não consegue descrever a situação que tem em vista. Aparentemente, ela quer dizer que a maioria dos brasileiros têm a mente fechada, só acreditam em suas próprias opiniões e não aceitam divergências, mostrando-se intolerantes. b) Igualmente, a expressão é ruim. Ela quer dizer que falta aos brasileiros informação de um modo geral (e não sobre determinado assunto), o que se dá devido a eles acreditarem em fontes duvidosas.

3) Quarto parágrafo: a) O tempo todo o autor fala para a terceira pessoa do , agora muda para a segunda, com esse te incorreto. b) O trecho final em vermelho está solto no parágrafo, não se conectando sintaticamente a ele.

4) Quinto parágrafo: a) agora a autora passa a usar a segunda pessoa do plural (vosso). b) Por que só se debateriam novas concepções? Por que não também as velhas?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 2,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,5
Nota final 7,5
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos