Quanto mais rentável, mais violento

NOTA 5,0

É notável que a violência causada pelo tráfico de drogas, hoje, nas comunidades do Brasil, é um problema. Tal violência surge por conta dos consumidores, que mantêm esse comércio ilegal aquecido e tornam o tráfico de drogas uma atividade muito rentável.

Prova disso, é disso é que, segundo a ONU, houve um aumento no consumo de drogas no Brasil nos últimos anos. A maior procura dos usuário usuários pelos tóxicos reflete na busca por mais territórios nas comunidades, por parte dos traficantes. Por vezes, as mídias retratam a mídia retrata cenários de guerra, onde em que os grupos e seus líderes buscam dominar outras regiões para assim conquistarem mais espaço nesse mercado.

Além da demanda, o tráfico é uma atividade rentável e que se transforma em oportunidade de renda para os jovens das comunidades. De acordo com o IBGE, a maioria dos moradores das periferias apresenta um baixo grau de escolaridade, fazendo com que o tráfico se torne uma atividade mais lucrativa do que empregos formais em que se exigem exige uma instrução menor.

Por fim, é importante que as leis se tornem mais severas severas tanto para quem vende quanto para quem compra os tóxicos. Afinal, com a diminuição desse comércio comércio, é possível que a violência no trafico tráfico também diminua e que outras atividades - agora legais - se tornem também rentáveis.

Comentário geral

Texto mediano. O autor apresenta uma reflexão superficial sobre o tema, tanto que sugere o retorno a leis já reformadas que põem no mesmo plano traficantes e usuários. É difícil afirmar que a as punições mais brandas para os usuários aumentaram o problema. Ao menos, o autor deveria apresentar fatos concretos ou exemplos, que confirmassem sua afirmação. Igualmente, o autor não reflete sobre outras possibilidades, simplesmente põe a culpa no usuário e na rentabilidade do tráfico. Em termos de estrutura, é importante assinalar que o texto se encontra nos limites da coesão. O autor usa os recursos coesivos apenas para parte de suas frases. Outra parte fica "solta", com os nexos estabelecidos apenas pela semântica. De resto, quanto à proposta de intervenção, o próprio autor não parece estar muito seguro da sugestão que faz, pois diz que com ela apenas é possível que a situação melhore.

Aspectos pontuais

1) Não é nada notável o fato de a violência ser um problema. Isso é o óbvio e o é notável é só uma muleta verbal que tenta contar com a concordância do leitor e diminuir a responsabilidade do autor, cuja afirmação deveria ser somente: A violência causada pelo tráfico de drogas, hoje, nas comunidades do Brasil, é um problema. De resto, a violência não acontece só nas favelas ou, usando o eufemismo do autor, nas comunidades.

2) Terceiro parágrafo: claro que uma atividade rentável é uma oportunidade de renda.

3) Quarto parágrafo: a) dizer que é apenas possível que a ação sugerida dê resultados é uma demonstração de falta de confiança do autor em sua própria proposta de intervenção. b) Que outras atividades se tornarão legais com a legalização das drogas? A que, especificamente, o autor se refere?

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 1,0
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 1,0
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 5,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos