Redes sociais: um aliado para a vida contemporânea

NOTA 4,0

As redes sociais, algo sociais estão totalmente presente presentes na realidade de muitos seres humanos. Seja para conhecer novas pessoas, estar conectado no mundo virtual ou até mesmo para se comunicar com pessoas do trabalho. Mas e o mundo real? As redes sociais os fazem esquecer que existe um mundo além disso das telas e monitores?

Redes sociais, ajudam ou atrapalham, tudo sociais ajudam ou atrapalham? Tudo depende de quem está no comando: as próprias pessoas. A forma com a qual cada indivíduo administra e/ou lida com suas redes sociais, determina sociais determina se elas afetarão as relações entre pessoas. Atualmente, as redes sociais vêm atrapalhando o diálogo com pessoas físicas e ajudando com as pessoas virtuais.

Para quem é tímido ou sofre com algum problema que atrapalhe sua comunicação com outras pessoas, as redes sociais são de grande apoio, pois, facilitam esta essa comunicação e e, consequentemente, tornam as pessoas mais felizes. Evidentemente, as redes sociais são indispensáveis; através delas pode-se: começar pode-se começar amizades, namoro namoros ou até casamento casamentos. Mas Mas, a partir do momento em que não dão se dá mais tanta atenção e importância às outras relações, construídas sem o auxílio das redes sociais, pode-se botar tudo a perder.

É conveniente ressaltar que as redes sociais foram uma excelente criação, e através dela é possível se expor à culturas, religiões ou situações econômicas diferentes de si próprio; tudo isso invenção e, por meio dela, é possível entrar em contato com culturas, religiões ou situações diferentes das nossas, sem ao menos sair do conforto de casa.

Concluí-se que se Conclui-se que as relações entre pessoas, não pessoas não são dificultadas com a era das redes sociais; claro pelas redes sociais. É claro que isso varia para cada indivíduo. Saber a hora de parar, dar atenção para quem está presente todos os dias, reconhecer que errou, ou até mesmo estimar um horário para mexer nas redes sociais, são hábitos que podem ser adotados por quem não deseja que as relações entre pessoas reais sejam extintas.

Comentário geral

Texto mediano. O autor revela um domínio razoável da linguagem e alguma compreensão do tema. Por outro lado, ele não chega a ter feito um texto dissertativo-argumentativo, mas uma série de divagações desconexas e até contraditórias para chegar a uma conclusão favorável às redes sociais. No entanto, levando em conta o que ele disse antes, em especial no fim do segundo parágrafo, a conclusão seria que as redes sociais mais ajudam do que atrapalham, pois o próprio autor reconheceu que elas também atrapalham. Com isso, o texto inteiro fica marcado pela contradição.

Aspectos pontuais

1) Segundo parágrafo: além de indicar a contradição que prejudica o texto, a frase em vermelho também expressa equivocadamente a questão: não existem pessoas virtuais (pelo menos até o momento). Existem pessoas reais que se comunicam pelo mundo virtual. Essa comunicação virtual entre as pessoas interfere no relacionamento pessoal, a partir do momento em que prejudicam as interações reais entre indivíduos.

2) Terceiro parágrafo: a) no trecho em vermelho, o autor passou da ideia de que as redes sociais são úteis para os tímidos para a ideia de que elas são indispensáveis para todo mundo. Se é para todo mundo, os tímidos já estão incluídos e não há necessidade de mencioná-los em primeiro lugar. Eles deveriam ser usados como um exemplo da premissa de que as redes sociais são indispensáveis. b) Afirmar que as redes sociais são indispensáveis porque favorecem o surgimento de amizades, namoros e casamentos é demonstrar uma visão pueril e limitada da questão.

3) Quarto parágrafo: dificilmente, alguém ia querer a extinção dos relacionamentos reais entre pessoas e é absurdo imaginar uma sociedade em que as pessoas só se comunicam pelo computador ou celular. Essa sociedade jamais iria longe, pois sem contato pessoal o ser humano não se reproduz.

Competências avaliadas

Itens Nota
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 1,0
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 1,0
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 0,5
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 0,5
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 1,0
Nota final 4,0
Saiba como é feito a classificação das notas
2,0 - Satisfatório 1,5 - Bom 1,0 - Regular 0,5 - Fraco 0,0 - Insatisfatório

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.

UOL Cursos Online

Todos os cursos