Topo

Educação

Banco de Redações

O UOL corrige e comenta 20 redações. Envie a sua sobre o tema da vez


REDAÇÕES CORRIGIDAS - Novembro/2018 A onda conservadora e o Brasil nos próximos anos

Redação corrigida 840

Remédio para a falta de responsabilidade

Inconsistente Erro Correção

Os resultados das urnas nas das últimas eleições no Brasil, em 2018, demonstraram o desejo dos brasileiros de renovar os partidos políticos que representarão as vozes do povo e, o e o motivo principal dessa mudança foi a enorme insatisfação com os resultados derivados da corrupção e do trabalho pífio exercido pelos eleitos nos últimos anos. Apesar de a população ter se mostrado capaz de acordar e reagir contra o descaso dos governantes, Apesar de ter se mostrado capaz de acordar e reagir contra o descaso dos governantes, a população não apresentam apresenta argumentos coerentes, pois, a pois a grande maioria votou sem conhecer as bases filosóficas das doutrinas sociais daqueles que estavam apoiando, convencidos somente pelo resgate de valores tradicionais da família brasileira ou por oposição à hegemonia partidária.

A falta de preparo e a presença de atitudes duvidosas - como preconceitos declarados e improbidades - de muitos políticos não chega a ser um defeito para os eleitores, pois a busca pela mudança através da oposição se tornou mais importante do que conhecimento e integridade moral dos candidatos. Essas atitudes presentes nas massas são parte do que constitui hoje em dia o “jeitinho brasileiro” que prefere arriscar e posteriormente remediar a se esforçar para buscar fontes para se informar e se conscientizar sobre a real necessidade de um país em construção econômica.

O resultado das eleições reflete diretamente a necessidade de implementar um sistema educacional que incentive a reflexão e conscientização social, que crie cidadãos antes de preparar estudantes para vestibulares e intercâmbios, que ofereça o caminho do meio em vez de extremos e ensine seus alunos a serem pessoas responsáveis por suas atitudes e escolhas, principalmente aquelas que influenciam a vida de toda a sociedade.

É possível concluir que a capacidade de mudança vem antes de tudo do conhecimento e por isso a educação é tão importante para combater atitudes radicais que beneficiam poucos e prejudicam muitos. Quando há conhecimento e entendimento da história de todos os lados não sobra espaço para unilateralismo ou atitudes irresponsáveis. Viver em sociedade implica em implica agir consciente de que uma ação afeta a muitos e todos possuem responsabilidade sobre a situação atual do país.

Comentário geral

Texto muito bom. Satisfaz plenamente as competências 1 e 4 e tem um desempenho bom e mediano, respectivamente, nas competências 2, 3 e 5. No que se refere à segunda competência, é importante notar que o autor não se ateve estritamente à proposta de redação, usando o tema da onda conservadora para enfatizar o problema do país com a educação. Vale notar que o autor faz também uma análise muito radical do eleitorado brasileiro. Seu argumento (falta de conhecimento das bases filosóficas, etc.) exige demais da massa dos eleitores e valeria não só para o Brasil, mas para muitos outros países, senão todas as democracias do mundo. Nesse sentido, o raciocínio é utópico e revela uma certa ingenuidade adolescente em relação à humanidade ou ao nível de consciência política que a maioria dos cidadãos poderia ter. Do mesmo modo que interpretou o tema de modo restrito, o autor faz uma interpretação muito peculiar do “jeitinho brasileiro”. Mas nada disso é erro e esta correção só visa a apontar, muito criticamente, esses problemas, para levar o autor a aprofundar seu modo d e raciocinar. Também é um problema menor, mas vale ser comentado o uso da palavra “construção”, usada num lugar em que a palavra “reconstrução” faria mais sentido. Finalmente, não seria improvável que outros corretores desconsiderassem o que apontamos como aspectos negativos do texto e atribuíssem à redação a nota máxima. Notar que não há erros de linguagem, exceto a regência do verbo “implicar”, no último parágrafo: tudo que é apontado em vermelho refere-se à interpretação do tema e a argumentação. O que foi assinalado em verde visa principalmente apenas a aprimorar o texto.

Competências avaliadas

As notas são definidas segundo os critérios da pontuação do MEC
Título nota (0 a 1000)
Demonstrar domínio da norma culta da língua escrita. 200
Compreender a proposta da redação e aplicar conceito das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. 160
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista. 160
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação. 200
Elaborar a proposta de solução para o problema abordado, mostrando respeito aos valores humanos e considerando a diversidade sociocultural. 120
Nota final 840

Redações corrigidas

Título nota (0 a 1000)

Os textos desse bloco foram elaborados por internautas que desenvolveram a proposta apresentada pelo UOL para este mês. A seleção e avaliação foi feita por uma equipe de professores associada ao Banco de redações.

Os textos publicados antes de 1º de janeiro de 2009 não seguem o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A grafia vigente até então e a da reforma ortográfica serão aceitas até 2012.

Copyright UOL. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução apenas em trabalhos escolares, sem fins comerciais e desde que com o devido crédito ao UOL e aos autores.